Copa do Brasil
1ª Rodada
Ponte Preta
3
x
0
Encerrado
Afogados
12/03 - 19h15
Moisés Lucarelli
Campinas (SP)

Copa do Brasil

Ponte Preta 3 x 0 Afogados-PE - Macaca lava a alma e encaminha classificação

O time campineiro deu um passo importante rumo a 4ª fase da Copa do Brasil e diminuiu a pressão para o dérbi

Publicado em 12/03/2020
por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 12 (AFI) - A Ponte Preta conseguiu na noite desta quinta-feira diminuir um pouco a pressão para o dérbi campineiro ao golear o Afogados, por 3 a 0, no Moisés Lucarelli, pela terceira fase da Copa do Brasil.

Pressionada pelo jejum de cinco jogos sem vitória, a Macaca ganhou a primeira sobre o comando de João Brigatti. O time agora se prepara para o dérbi contra o Guarani, na próxima segunda-feira, no Brinco de Ouro da Princesa, pelo Paulistão.

Ponte Preta e Afogados voltam a se enfrentar na próxima quinta-feira, no Estádio Vianão, em Afogados da Ingazeira. A Macaca pode perder por até dois gols de diferença para chegar até a quarta fase e embolsar mais R$ 2 milhões.

VEJA OS GOLS DA MACACA !

COMEÇOU EM CIMA, MAS DEPOIS CAIU
Como já era esperado, a Ponte Preta começou tendo a posse da bola e o Afogados todo fechado buscando surpreender em um contra-ataque. A Macaca abusava dos erros de passe no campo ofensivo.

A primeira finalização, inclusive, foi do Afogados. Rodrigo bateu rasteiro e mandou ao lado do gol de Ivan. Aos 17, Guilherme Lazaroni cobrou falta nas mãos de Wallef.

Ponte Preta ganhou fácil do Afogados no Moisés Lucarelli (Foto: Álvaro Jr./Ponte Press)
Ponte Preta ganhou fácil do Afogados no Moisés Lucarelli (Foto: Álvaro Jr./Ponte Press)

Na melhor oportunidade até então, Roger tabelou com Jeferson e finalizou cruzado rente a trave. Aos poucos, o Afogados foi começando a gostar do jogo e equilibrar as ações.

Aos 29, Vinícius Zanocelo achou Jeferson, que finalizou para fora. Na sequência, João Paulo arriscou, a bola desviou e passou levando perigo. Depois, o camisa 10 cobrou falta e Wallef defendeu.

ENFIM, O GOL
A Ponte Preta abriu o placar aos 37. Alisson Safira deu passe preciso para Jeferson, que cruzou rasteiro. Na tentativa de tirar, Heverton Luis mandou contra o próprio gol.

Aos 42, Alisson Safira saiu na cara de Wallef e desperdiçou boa oportunidade ao chutar em cima do goleiro. Ainda antes do intervalo, Roger tentou a conclusão de primeira e acabou furando.

LAVOU A ALMA
Logo aos seis minutos, Guilherme Lazaroni foi derrubado dentro da área e o árbitro assinalou pênalti, mas Wallef, com os pés, defendeu cobrança de Roger. Na sequência, Alisson Safira cruzou e o camisa 9 se redimiu ao desviar para o gol.

Aos 16, Roger perdeu uma chance clara de fazer o terceiro gol da Ponte. Quatro minutos depois, Bruno Reis dominou dentro da área após escanteio e finalizou no canto de Wallef, ampliando para a Macaca.

Depois de fazer o terceiro, a Ponte tirou o pé. E mesmo assim quase marcou mais um quando Henrique Trevisan cabeceou no travessão.