Copa do Mundo Sub-17
1ª Rodada
Brasil
2
x
1
Encerrado
México
17/11 - 19h00
Bezerrão
Gama (DF)

Copa do Mundo Sub-17

COPA DO MUNDO SUB-17: Lázaro marca nos acréscimos e Brasil é tetracampeão

Kaio Jorge empatou e Lázaro, que já havia marcado o gol da vitória diante da França, fez o segundo aos 47 minutos do segundo tempo

Publicado em 17/11/2019
por Caio Alves

Gama, DF, 17 (AFI) - Em mais um jogo com emoção até o último minuto, o Brasil sagrou-se tetracampeão da Copa do Mundo Sub-17. Na noite deste domingo (17), a seleção saiu atrás do placar diante do México, mas venceu por 2 a 1, em partida realizada no Bezerrão, em Gama.

Após o gol do adversário, Kaio Jorge empatou e Lázaro, que já havia marcado o gol da vitória diante da França, fez o segundo aos 47 minutos do segundo tempo. Em 2005, as duas equipes decidiram o título. Naquele ano, o México ganhou por 3 a 0 em sua primeira conquista.

BRASIL INTENSO
O Brasil começou a final com muita intensidade e quase abriu aos 13 minutos com Gabriel Veron finalizando por cima.

Apenas três minutos depois foi a vez de Peglow mandar no travessão, após excelente jogada de Kaio Jorge pela esquerda.

Aos 22, Veron assustou novamente com chute que passou perto da trave.

O México chegou com perigo pela primeira vez aos 24 minutos, em cobrança de falta de Donelli. O Brasil ainda teve duas chances com Gabriel Veron e Kaio Jorge antes do intervalo.

PANORAMA SE MANTEVE NO 2º TEMPO
A seleção brasileira também começou ofensiva na etapa final. Logo nos primeiros minutos, Kaio Jorge finalizou duas vezes e exigiu defesa em dois tempos do goleiro em uma delas. Aos 13, Patrick também chutou forte, mas Garcia espalmou.

Melhor no jogo, o gol do Brasil parecia perto. Aos 15, Gabriel Veron arrancou em contra-ataque, mas foi cortado pelo último marcador. Depois, Peglow recebeu na área e chutou com muito perigo no lado de fora da rede.

Foto: CBF
Foto: CBF

MÉXICO ABRE O PLACAR
O primeiro gol, porém, foi do México. Aos 20 minutos, Pizzuto cruzou do lado esquerdo e González apareceu para cabecear firme e marcar.

Aos 29, Lázaro, que fez o gol da vitória diante da França, recebeu na área e chutou por cima logo em sua primeira chance.

VAR ENTRA EM AÇÃO
No mesmo lance, aos 35, o Brasil quase empatou em três chances. Lázaro chutou dentro da área, mas a bola bateu no marcador. No rebote, Daniel Cabral finalizou no travessão e Veron cabeceou para fora.

Neste momento, o VAR chamou e o árbitro marcou pênalti no início da jogada. Aos 38, Kaio Jorge cobrou no cantinho e deixou tudo igual.

LÁZARO APARECE NOVAMENTE
Quando tudo parecia que o título iria ser decidido nos pênaltis, Lázaro apareceu novamente. Yan foi acionado no lado direito cruzou para a área. Próximo da marca do pênalti, o jogador do Flamengo chutou de primeira para garantir o tetracampeonato para o Brasil.