Brasileiro - Serie B
5ª Rodada
Atlético
1
x
1
Encerrado
Vitória
26/05 - 16h00
Antônio Accioly
Goiânia (GO)

Brasileiro

Atlético-GO 1 x 1 Vitória - Um segue invicto, outro recuperado com técnico novo

Loss é o terceiro técnico do Vitória nesta temporada, após Marcelo Chamusca e Claudio Tencati

Publicado em 26/05/2019
por Agência Futebol Interior

Goiânia, GO, 26 (AFI) – Na estreia do técnico do técnico Osmar Loss, o Vitória conseguiu empatar com o Atlético-GO, mesmo atuando no estádio Antônio Accioly, nesta tarde, em Goiânia (GO) no fechamento da quinta rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

O time baiano continua na zona de rebaixamento, com quatro pontos, em 18.º lugar. Enquanto isso, invicto em casa, o Atlético-GO segue fora do G4 – zona de classificação – com oito pontos, em sexto lugar.

TERCEIRO TÉCNICO
Loss é o terceiro técnico do Vitória nesta temporada. Começou com Marcelo Chamusca, ainda no estadual, depois contratou Claudio Tencati que não resistiu a duas derrotas seguidas para Guarani (3 a 2 em Campinas) e São Bento (3 a 1) dentro do Barradão.

“Nossa missão é recuperar o time e vamos tentar sair daqui com um bom resultado” – prometeu o estreante.

VISITANTE NA FRENTE
O time baiano parece ter esquecido a condição de visitante e começou o jogo no ataque, surpreendendo os atleticanos. Tanto que Vitória abriu o placar logo aos oito minutos. Após cobrança de escanteio pelo lado esquerdo, o zagueiro Everton Sena apareceu entre dois marcadores na pequena área e testou para as redes.

O gol desconcentrou o Atlético-GO, que demorou muito para ‘entrar no jogo’. Mesmo assim, não encontrou a maneira de chegar ao gol adversário. Só ameaçou numa bomba de longe de Matheuzinho aos 39 minutos e que o goleiro Ronaldo rebateu para o lado.

Mike empatou cobrando pênalti
Mike empatou cobrando pênalti

POSTURA DIFERENTE
No segundo tempo, o time da casa voltou mais adiantado e também mais ligado. Após uma pressão inicial, conseguiu o empate. Aos quatro minutos, Jarro Pedroso entrou na área e acabou derrubado por Ramon: pênalti. Na cobrança, Mike deslocou Ronaldo que caiu do lado direito e viu a bola entrar do outro lado, mansinha. Tudo igual aos seis minutos.

O empate deu mais moral para os atleticanos, que passaram a ter mais confiança. Mas a melhor chance de ficar na frente no placar saiu aos 23 minutos, quando Bustamente, que tinha substituído Pedro Raul, invadiu a área em diagonal e bateu cruzado. Ronaldo caiu e espalmou para escanteio.

CHUTES DE LONGE
O volante Moacir arriscou de fora da área e também Ronaldo espalmou, aos 26 minutos. O técnico Osmar Loss tentou tirar seu time da defesa e fez uma troca arriscada: saiu o volante Léo Gomes para a entrada do meia Ruy. Na pressão, o time goiano não marcou o segundo gol e aos 37 minutos perdeu o meia Matheuzinho, expulso após dar uma entrada violenta em Nickson.

O técnico Wagner Lopes optou por reforçar sua marcação, tirando o atacante Jarro para a entrada do volante Diego fumaça.

O Vitória, com um a mais, tentou ir ao atacante e quase marcou o segundo gol aos 42 minutos, quando Lucas Rocha salvou quase em cima da linha um chute de longe e que enganou o goleiro Maurício no quique da bola. O goleiro ainda livrou o Atlético-GO da derrota aos 49 minutos ao voar alto para espalmar um chute colocado de Marciel.

JOGOS NA SEXTA-FEIRA
Pela sexta rodada, o Atlético-GO vai enfrentar o Figueirense, sexta-feira, às 19h15, em Florianópolis (SC). Na mesma noite, porém às 21h30, o Vitória recebe o Bragantino no Barradão, em Salvador (BA).