Copa do Brasil
1ª Rodada
Foz do Iguaçu
0 (2)
x
(4) 0
Encerrado
Ceará
27/02 - 19h15
do ABC
Foz do Iguaçu (PR)

Copa do Brasil

Foz do Iguaçu 0 (2) x (4) 0 Ceará - Vozão pressiona, mas só se garante nos pênaltis

O adversário na próxima fase será o Corinthians, que passou pelo Avenida com vitória por 4 a 2

Publicado em 27/02/2019
por Agência Futebol Interior

Foz do Iguaçu, PR, 27 (AFI) – Foi sofrido, mas o Ceará garantiu a classificação para a terceira fase da Copa do Brasil. O time de Lisca visitou o Foz do Iguaçu, no Estádio do ABC, e pressionou durante os 90 minutos, chegando a acertar a trave duas vezes. Como não conseguiu sair do 0 a 0, a decisão foi para os pênaltis e a classificação veio graças a duas defesas do experiente goleiro Fernando Henrique.

Na próxima fase, o Ceará enfrenta o Corinthians, que passou pelo Avenida em jogo movimentado em Itaquera.

O time paulista saiu perdendo por 2 a 0, mas virou a partida para 4 a 2 nos minutos finais.

Ao lado, Melhores Momentos e Pênaltis.

VOZÃO PARA NA TRAVE
O Ceará começou em cima, mas o Foz mostrou que também era perigoso nos contra-ataques. Aos nove minutos, Matheus Guerreiro até balançou as redes para o time da casa, mas a jogada já estava parada por posição de impedimento do atacante.

No final da primeira etapa, o Ceará criou o lance de maior perigo até então. Roger recebeu na entrada da área, girou em cima da marcação e bateu colocado. A bola bateu na trave, perto do ângulo, e saiu pela linha de fundo.

NADA DE GOL
A pressão do Ceará continuou no segundo tempo. Aos 20 minutos, Juninho arriscou de fora da área e carimbou a trave. No rebote, Chico dominou e completou de perna esquerda, mas a bola foi para fora.

Apesar da superioridade do time visitante, que se ampliou nos minutos finais, com o Foz totalmente fechado, o placar não foi movimentado e a decisão ficou mesmo para a disputa por pênaltis.

DISPUTA DE PÊNALTIS
Nas penalidades, brilhou a estrela do experiente goleiro Fernando Henrique. Ele defendeu as cobranças de Bruno Nascimento e Luiz Matheus e tomou os gols de Vinícius Martins e Thomas. Pelo Ceará, apenas Felipe Baxola bateu para fora, enquanto Juninho, Ricardinho, Roger e Samuel Xavier converteram suas cobranças.