Máfia do futebol volta a atacar no Interior: jogadores do América denunciam manipulação

Jogadores procuraram o presidente Italiano e relataram ter sido procurados para 'fazer um resultado' na Segundona Paulista

Publicado em .

São José do Rio Preto, SP, 11 (AFI) - O América de Rio Preto sofreu uma tentativa de manipulação de resultado na última rodada da fase de classificação do Campeonato Paulista da Segunda Divisão. Apesar da derrota em casa, por 2 a 0, para a Internacional de Bebedouro, o Mecão se classificou no Grupo 2. A partir do próximo domingo começa a disputar a segunda fase, estreando diante do Talentos 10, sábado, ás 15 horas, no Teixeirão.

Meses atrás surgiu a informação de que um grupo de pessoas de má índole estava "comprando" jogadores para "fabricar" resultados no interior paulista . Havia até quem afirmasse que tudo fazia parte de um trabalho executado por gente ligada a conhecidos grupos da bandidagem paulista que tentou montar um esquema que julgavam"infalível" para ganhar muito dinheiro através dos jogos de futebol.

Esse grupo é independente e não tem nenhuma ligação com a a FPF que é a responsável pela organização das competições oficiais do futebol paulista. Ao contrário. A FPF é administrada hoje por pessoas que não admitem atitudes desse tipo.

Reinaldo Carneiro: comissão contra corrupção
Reinaldo Carneiro: comissão contra corrupção

COMISSÃO ESPECIAL DA FEDERAÇÃO
Tanto que assim que a ação desse grupo foi divulgada, uma comissão especial foi criada na entidade para acompanhar os fatos, levantar os nomes dos culpados e, depois de um relatório minucioso, entrar com processo e pedido de prisão para todos os integrantes desse grupo.

No comando dessa comissão está a "doutora Margareth" (como é conhecida nos bastidores da Federação), que conhece profundamente esse assunto e é muito rígida e determinada na procura e punição dos culpados.

Com essa firme reação da Federação o grupo marginal desapareceu por algum tempo mas, ao que tudo indica, já está de volta. Tanto que em São José do Rio Preto alguns jogadores do América procuraram o presidente Luiz Prieto, o Italiano, para denunciar que foram procurados por pessoas estranhas que lhes fizeram propostas inaceitáveis.

NOVA TENTATIVA
Na verdade, a ideia do grupo marginal, era "comprar" alguns atletas do América para conseguir o resultado que interessava à sua banca de apostas. Para sorte de Italiano, os atletas de seu clube não só rejeitaram qualquer conversa em torno do assunto como procuram o presidente do clube para denunciar o fato.

Italiano em entrevista com Oscar Silva
Italiano em entrevista com Oscar Silva

Italiano procurou a Polícia local que ao tomar conhecimento do assunto já abriu inquérito para descobrir quais são os responsáveis. A informação sobre essa nova tentativa de suborno foi passada também para o "doutora Margareth" que cuida do mesmo assunto lá em São Paulo pela Federação Paulista de Futebol.

Nos próximos dias devem surgir informações mais amplas sobre o assunto.

O Futebol Interior estará atento e vai noticiar.

Sobre a tentativa de suborno acontecida nas últimas horas, Italiano comenta.

"Quando assumi soube que um grupo de marginais estava passando pelos clubes do interior na tentativa de mudar resultados. Mas conosco nada havia acontecido até agora. Antes do último jogo, no entanto, houve uma tentativa de aproximação.

Elogio meus jogadores que me procuraram para contar o acontecido, o que me levou a procurar a Policia local e a FPF. Ambos já estavam atentos as ações deste grupo e já fazem um trabalho para identificar os culpados. Acredito na FPF e na Policia de nossa cidade. Ambos têm competência para resolver esse assunto.

E eu estou feliz pela sinceridade de nossos garotos que foram íntegros ao denunciarem a tentativa de suborno. Prova de que acertamos na contratação dos jogadores".