Brasileiro

Volante do Atlético-MG descobre problema cardíaco e precisa interromper a carreira

Adilson, de 32 anos, não poderá mais jogar futebol e anúncio oficial será feito nesta tarde pelo Galo

Publicado em 12/07/2019
por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 12 (AFI) - O volante Adilson, do Atlético-MG, descobriu um problema cardíaco. Aos 32 anos, o atleta fica impedido de seguir atuando no futebol. A informação é da rádio 98FM.

Adilson tem problema cardíaco detectado. (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)
Adilson tem problema cardíaco detectado. (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)

A informação será confirmada pelo clube na tarde desta sexta-feira em entrevista coletiva na Cidade de Galo.

O jogador não vem treinando com o grupo, mas o Atlético-MG se limitou a dizer que o jogador passava por problemas particulares e havia sido liberado das atividades. Consequentemente, Adilson também ficou fora da partida desta quinta-feira contra o Cruzeiro pelas quartas de final da Copa do Brasil.

Revelado pelo Grêmio em 2007, onde fez as categorias de base e atuou 262 vezes com dois gols, o Gaúcho de Bom Princípio foi vendido em 2011 ao Terek Grozny, da Ucrânia, aparecendo em 98 jogos com a camisa do clube e balançando as redes em três oportunidades.

Em 2017 foi repatriado pelo Galo. Foram 97 partidas e dois gols em três anos. Em outubro do ano passado, o contrato foi renovado até o final de 2020 e venceu o Campeonato Mineiro de 2017.