Brasileiro

STJD pede que placar do jogo entre Ponte Preta e Vitória seja alterado

O Regulamento Geral de Competições da CBF diz que Leão precisa ser declarado vencedor por 3 a 0

Publicado em 28/11/2017
por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 28 (AFI) - O placar do jogo entre Ponte Preta e Vitória, realizado no último domingo, em Campinas, deve ser alterado. A Procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pediu que o resultado final do confronto deixe de ser 3 a 2 e seja 3 a 0 para os baianos, cumprindo, assim, o Regulamento Geral de Competições da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Os artigos 19 e 20 do Regulamento Geral de Competições da CBF dizem que "se um clube houver dado causa à suspensão e era perdedor, o adversário será declaro vencedor pelo placar de três a zero ou pelo placar do momento da suspensão, prevalecendo o correspondente à maior diferença de gols".

O STJD pediu que o placar de Ponte Preta e Vitória seja alterado, atendendo o Regulamento Geral de Competições de CBF
O STJD pediu que o placar de Ponte Preta e Vitória seja alterado, atendendo o Regulamento Geral de Competições de CBF
No último domingo, o Vitória ganhava da Ponte Preta, por 3 a 2, de virada, até que, aos 39 minutos do segundo tempo, torcedores pontepretanos quebraram o alambrado e invadiram o gramado do Moisés Lucarelli partindo em direção aos jogadores, que correram para os vestiários. Alegando falta de segurança, o árbitro mineiro Ricardo Marques Ribeiro deu a partida como encerrada.

Para que a mudança de resultado aconteça, o caso ainda será julgado pelo STJD, mas ainda não existe data marcada. E o placar pode causar alterações na tabela de classificação em relação a luta contra o rebaixamento à Série B do Brasileiro.

Atualmente, o Vitória está na 15ª colocação, com os mesmos 43 pontos do Coritiba, mas o saldo de gols é -7. Se o placar do jogo de domingo for alterado, o saldo será de -5. E isso pode ser decisivo para permanecer na elite. O Sport, primeiro integrante da zona de rebaixamento, tem 42 pontos.