Brasileiro

Com destaques de times que conquistar o acesso, Seleção FI da Série B chega no 4-3-3

Essa 'verdadeira maquina de futebol' é comandada por Roberto Fernandes, que acabou com as chances de rebaixamento do CRB

Publicado em 13/01/2021
por Agência Futebol Interior
Roberto Fernandes
Roberto Fernandes
Campinas, SP, 13 (AFI) - A 34ª rodada foi de definições no Campeonato Brasileiro da Série B, afinal definiu os acessos de América-MG e Chapecoense mesmo com quatro jogos para o final da competição nacional.
Até por conta disso, a Seleção FI vem recheada de jogadores destes dois times e também de destaques do CRB que venceu o Guarani e garantiu a permanência na segunda divisão em 2021.

CHEFE DA MÁQUINA
Essa 'verdadeira maquina de futebol' é comandada por Roberto Fernandes, justamente do CRB, que também colocou Gum como representante na zaga e Diego Torres no meio-campo. Já do América-MG que conquistou o acesso com um empate diante do Náutico, o escolhido foi o defensor Messias.

Já na Chape, Paulinho Moccellin que comandou o setor ofensivo no duelo catarinense contra o Figueirense, que terminou com o placar de 2 a 1 para o Verdão, foi o representante.
A Chapecoense está de volta a elite nacional
A Chapecoense está de volta a elite nacional


CONFIRA A SELEÇÃO FI DA 34ª RODADA DA SÉRIE B:


CONFIRA A ATUAÇÃO DE CADA JOGADOR
Goleiro: Renan (Paraná)

Ao todo, em toda 34ª rodada, houve 25 gols marcados em dez jogos, ou seja, a média foi de mais de dois gols por partida. Um dos poucos goleiros que não sofreu gols foi Renan, que ajudou o Paraná a vencer o CSA, pelo placar de 2 a 0 e respirar contra a zona de rebaixamento. Fez pelo menos duas boas defesas.

O América-MG empatou com o Náutico e mesmo assim conquistou o acesso
O América-MG empatou com o Náutico e mesmo assim conquistou o acesso

Zagueiro: Gum (CRB)
Gum tem experiência. Anos de futebol ensinaram o zagueiro a pegar atalhos em campo. Até mesmo nas alturas. Ele subiu mais do que todos para abrir o caminho da vitória regatina sobre o Guarani.

Zagueiro: Diego Ivo (Brasil de Pelotas-RS)
O Brasil-RS conseguiu colocar 'água no chopp' do Juventude que segue na briga pelo acesso na Série B. Isso porque, na noite desta terça-feira, o Xavante venceu o duelo gaúcho pelo placar de 2 a 1 e complicou a equipe rival. Um dos grandes destaques foi o zagueiro Diego Ivo, que deixou a sua marca de cabeça e também foi impecável no setor defensivo.

Zagueiro: Messias (América-MG)
É verdade que o América-MG não fez uma boa partida nos Aflitos apesar de ter conquistado o acesso à elite, mas Messias, como sempre, teve uma atuação bastante segura. Um dos destaques do Coelho na bela campanha da Série B, o defensor não deu espaços para o artilheiro Kieza.

O Oeste venceu o Cruzeiro
O Oeste venceu o Cruzeiro

Lateral-esquerdo: Romário (Cuiabá)
Teve participação de destaque no empate do Cuiabá por 2 a 2 com a Ponte Preta. Bem defensivamente, o jogador teve papel fundamental na criação. Participou do lance do primeiro gol do Dourado, marcado por Marcinho e ainda deu assistência para Jenison selar a igualdade no Moisés Lucarelli.
______________________________________________________________________________________________________

Volante: Renan Bressan (Paraná)
Voltou a ser decisivo ao marcar um dos gols da vitória por 2 a 0 sobre o CSA. Um belo gol de falta, onde encobriu a barreira e superou o goleiro adversário. Uma pena eu ele enfrentou várias lesões durante a competição. Fez falta.
Valdivia foi o destaque do Avaí no empate com o Vitória
Valdivia foi o destaque do Avaí no empate com o Vitória

Meia: Diego Torres (CRB)
É o motorzinho do CRB. Praticamente todas as bolas do Galo passa pelos pés do meia. Foi dele a assistência para o gol de Gum. Sem falar que Diego Torres também arrisca e deu trabalho ao goleiro do Guarani.

Meia: Valdívia (Avaí)
Marcou o primeiro gol e participou do segundo, quando chutou e o goleiro deu rebote pra o complemento de Jonathan. Uma pena que um jogador com tantas qualidades técnicas não tenha mantido regularidade em nenhum time grande que passou.

_______________________________________________________________________________________________________________
Atacante: Bruno Rodrigues (Ponte Preta)

Vem sendo o principal jogador da Ponte Preta na Série B e, novamente, teve atuação destacada. Abriu o caminho no duelo contra o Cuiabá, mas a equipe acabou cedendo empate em duas oportunidades. Se não fosse Bruno Rodrigues, a Macaca já teria saído da briga pelo acesso há muito tempo.

O Paraná venceu o CSA por 2 a 0
O Paraná venceu o CSA por 2 a 0

Atacante: Paulinho Moccellin (Chapecoense)
Um ano após ser rebaixada, a Chapecoense está de volta à elite nacional graças a vitória sobre o Figueirense, pelo placar de 2 a 1, na noite desta terça-feira (12). Um dos grandes destaques do duelo foi o atacante Paulinho Moccellin.

Além de ter marcado o gol que abriu caminho para o bom resultado, o centroavante ajudou em praticamente todas as jogadas de ataque de sua equipe.

Atacante: Fábio (Oeste)
É um jogador que vai cair em pé com o Oeste. O jogador tem carregado o time nas costas e adiado a queda à Série C. Foi decisivo na vitória por 1 a 0 para cima do Cruzeiro, em plena Arena Independência, e certamente vem chamando atenção de grandes times do futebol brasileiro.

_______________________________________________________________________________________________________

Técnico: Roberto Fernandes (CRB)
Um, dois, três. É Bingo! Foram três vitórias seguidas e que livraram o time alagoano da ameaça do rebaixamento, que passou a rondar o clube no meio da competição. Fernandes renovou o ânimo dos jogadores e atingiu o objetivo de garantir a vaga do Galo na Série B em 2021.