Paulista

Paulista A2: São Bernardo anuncia atacante que estava em time da Série B

A nova cara é o atacante Maranhão, de 30 anos, que estava no Operário-PR

Publicado em 01/04/2021
por Agência Futebol Interior

São Bernardo do Campo, SP, 01 (AFI) - Enquanto treina durante a paralisação do Campeonato Paulista Série A2, o São Bernardo busca reforços para a sequência da competição. A nova cara é o atacante Maranhão, de 30 anos, que estava no Operário-PR.

"Agradeço a diretoria do São Bernardo e ao professor Ricardo Catalá pelo convite. Estou muito motivado. Pela estrutura que o clube tem e pelo elenco de muita qualidade, o São Bernardo tem plenas condições de estar na elite do futebol paulista. E estou aqui para ajudar os companheiros a buscar esse objetivo", declarou o atacante, que trabalhou com o técnico Ricardo Catalá no Paulistão de 2020.


Palmeiras e futebol paulista unidos contra o coronavírus:

Espaço incorporado por HTML (embed)


Foto: Gabriel Goto
Foto: Gabriel Goto

CARREIRA MOVIMENTADA

Além de Mirassol, o novo reforço do São Bernardo já atuou por grandes equipes do Brasil como Bahia (BA), Fluminense (RJ), Athletico (PR), Chapecoense (SC), Goiás (GO), entre outras. Além disso, atuou no Cruz Azul (MÉX) e Daejeon Hana Citizen, da Coréia do Sul. Porém, ele destaca que o que importa é o momento e que é preciso provar dia-a-dia para buscar o sucesso.

"Chego sim com experiência de ter disputado grandes competições em equipes tradicionais, mas nada disso importa se o trabalho no dia a dia não for feito. O que já fiz foi bom, mas é passado.

No futebol nós temos que trabalhar todo dia com muita intensidade para conquistar os objetivos. Chego com essa experiência para agregar, mas o elenco do São Bernardo tem muitos jogadores de qualidade, que sabem o que é preciso para o sucesso", enfatizou.

ENTROSAMENTO

O atacante já treina com a equipe há cerca de duas semanas e está aproveitando a pausa da A2 para se entrosar com o grupo e melhorar a parte física.

"Depois que saí do Operário na Série B, testei positivo para a Covid e isso me fez ficar um período isolado e sem treinar. Agora que eu cheguei aqui, aproveitei essa pausa forçada e consegui buscar meu condicionamento físico para estar à disposição no retorno do campeonato, quando for possível. Estamos na torcida para que todo esse momento ruim passe logo para as pessoas poderem voltar a sua rotina", finalizou o atacante.