Paulista

Paulista A2: Penapolense tem força máxima para encerrar longo jejum

O técnico Alberto Félix gostou do que viu no empate com a Portuguesa Santista e não deve mexer

Publicado em 14/02/2020
por Agência Futebol Interior

Penápolis, SP, 14 (AFI) - O Penapolense não sabe o que é vencer no Campeonato Paulista da Série A2 desde a estreia, quando bateu o São Caetano, por 3 a 2. De lá para cá, foram dois empates e três derrotas.

A sequência negativa fez o clube trocar a comissão técnica - Alberto Félix substituiu Edison Só - e ficar na beira da zona de rebaixamento. O CAP é o 14º colocado, com cinco pontos.

Penapolense não ganha desde a estreia na Série A2 (Foto: Silas Reche)
Penapolense não ganha desde a estreia na Série A2 (Foto: Silas Reche)
Se os resultados não são bons, a apresentação do time no empate com a Portuguesa Santista, por 1 a 1, em Santos, na última quarta-feira, deixou o treinador satisfeito, pois jogou de igual para igual com um dos líderes do campeonato.

Sem nenhum desfalque por suspensão ou contusão, a tendência é que Alberto Félix mantenha a mesma formação que iniciou diante da Briosa. Apesar de ter marcado o gol de empate, Washington deve seguir no banco.

A provável escalação do Penapolense é: Léo Lopes; Anderson Luis, Henrique Mota, Felipe Bortolucci e Gabriel Araújo; Pablo, Luiz Menezes, Júnior Palmares e Rafinha; Maycon Aquino e Marcelinho.

Na 14ª colocação, o Penapolense tem cinco pontos, um a mais que a Portuguesa, que abre a zona de rebaixamento.