Brasileiro

Joias do Grêmio destacam evolução profissional em 2019

Em entrevista coletiva nesta terça-feira, os jovens destacaram a evolução profissional que cada um teve em 2019

Publicado em 03/12/2019
por Agência Estado

Porto Alegre, RS, 03 - Dois dos destaques do Grêmio nesta temporada, o meia Matheus Henrique e o atacante Pepê são hoje imprescindíveis ao técnico Renato Gaúcho. Em entrevista coletiva nesta terça-feira, os jovens destacaram a evolução profissional que cada um teve em 2019.

SUBIDA RÁPIDA

Foto: Lucas Uebel / Grêmio
Foto: Lucas Uebel / Grêmio

Matheus Henrique tem 21 anos e irá completar duas temporadas já na equipe principal do Grêmio.

Ele estreou contra o Atlético-MG, na rodada final do Brasileirão de 2017, ocasião em que elenco campeão da Copa Libertadores daquele ano se preparava para a disputa do Mundial de Clubes.

Não demorou muito e o meia virou um dos nomes mais importante da equipe do técnico Renato Gaúcho.

"As coisas aconteceram muito rápido na minha vida e não foi por sorte. Ano passado, eu, Pepê, Jean Pyerre tivemos um período de lapidação, fomos pouco utilizados. Mas eles (comissão técnica) trabalharam conosco porque sabiam da nossa qualidade. Esse ano foi reflexo de tudo que fizemos lá", avaliou Matheus Henrique, que quer ser exemplo para outros jovens que estão começando a ganhar chance entre os profissionais.

"É gratificante olhar e ver que tudo aquilo foi válido e que hoje estamos ajudando o Grêmio. Que a gente sirva de exemplo para o Frizzo, Ferreira, Isaque. Que eles olhem para a gente e vejam que o clube dá oportunidade e só depende da gente", completou.

ASCENSÃO DE CRAQUE

A ascensão de Pepê foi ainda mais rápida comparada à de Matheus Henrique. O atacante surge como o principal jogador a ocupar o protagonismo de Everton Cebolinha, que atrai os olhares do futebol europeu e pode ser negociado no próximo ano.

Pepê já soma 12 gols em 2019 e é o vice-artilheiro do Grêmio. Balançou as redes menos vezes apenas que Cebolinha, que tem 20. No penúltimo jogo do time tricolor, contra o Palmeiras, o jovem foi protagonista e marcou o gol da vitória por 2 a 1. Na última partida diante do São Paulo, que terminou em triunfo por 3 a 0, ganhou uma chance entre os titulares e teve boa atuação.

"A gente sabe que temos um grupo forte, qualificado. Quem começar como titular vai da conta do recado. Tenho procurado dar meu melhor nos treinos, nos jogos, para evoluir cada vez mais. Ter essa resposta dentro de campo é gratificante. De entrar e poder ajudar meus companheiros e ver o carinho da torcida. Isso é fundamental para o meu crescimento e começar 2020 ainda melhor", projetou Pepê.

TREINO

Após a vitória sobre o São Paulo no domingo, o Grêmio se reapresentou na manhã desta terça-feira, no CT Presidente Luiz Carvalho.

O time gaúcho começou os trabalhos visando o penúltimo jogo do Campeonato Brasileiro, diante do Cruzeiro, na quinta-feira, às 19h15, em Porto Alegre.

O treinamento foi aberto com um trabalho físico e em seguida os jogadores foram divididos em duas equipes que se enfrentaram em campo reduzido, aprimorando a movimentação, a troca de passes e as finalizações. Na sequência, alguns atletas permaneceram no gramado treinando penalidades.

REUNIÃO

Pedro Geromel, Kannemann, Matheus Henrique e Alisson não participaram da atividade técnica em campo reduzido. Eles, no entanto, estiveram na reunião com o técnico Renato Gaúcho antes do treinamento e não devem ser problemas para a partida.

ATIVIDADE SEPARADA

Matheus Henrique e Thaciano realizaram apenas uma atividade física, separados dos demais. O Grêmio faz a última atividade antes de enfrentar o Cruzeiro na tarde desta quarta-feira, a partir das 15 horas.