Paulista

Embriagado ao volante, lateral Régis é detido com drogas após resistir à prisão

Essa não é a primeira vez que o jogador do São Bento se envolve em problemas com a lei

Publicado em 13/03/2019
por Agência Futebol Interior

Sorocaba, SP, 13 (AFI) - Lateral do São Bento, Régis foi preso na manhã desta quarta-feira, em Sorocaba, por porte ilegal de drogas, embriaguez ao volante e resistência à prisão. Ele já teve outros problemas com a lei, além de já ter admitido ser usuário de drogas.

Régis foi abordado pela Polícia Militar ao tentar estacionar o carro em um posto de gasolina. Os policiais identificaram sinais de embriaguez e pediram que o jogador fizesse o texto do bafômetro, mas ele recusou.

Régis voltou a ter problemas com a lei. (Foto: Jesus Vicente)
Régis voltou a ter problemas com a lei. (Foto: Jesus Vicente)

Durante a revista feia pela PM, uma quantia de cocaína foi encontrada na carteira do atleta. Desconfortável com a situação, Régis foi encaminhada para uma delegacia após resistir a abordagem feita pelos profissionais.

HISTÓRICO
Destaque do São Bento no início de 2018, Régis voltou ao clube há duas semanas após passagens conturbadas por CSA e São Paulo, clubes nos quais passou por uma série de problemas pessoais. Desde o retorno à Sorocaba, ainda não disputou uma partida oficial. Ele mora no alojamento do clube e, segundo outros jogadores, não passou a noite no local.

Na manhã desta quarta, o lateral era esperado para o treino da equipe, visando ao jogo de sexta-feira, contra o Red Bull Brasil, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. Por conta da prisão, o atleta não treinou. No início da tarde, o presidente do São Bento, Márcio Dias, compareceu ao plantão policial para acompanhar o caso. Havia expectativa de que fosse fixada uma fiança para a liberação do atleta.

Após ser dispensado pelo São Paulo em 2018, Régis admitiu problemas com drogas. Ele já havia sido detido anteriormente por ameaça e violação de domicílio - invadiu o apartamento de uma vizinha. O lateral já havia jogado pelo São Bento anteriormente. Também teve passagens pelo Guarani, Ponte Preta e Portuguesa, entre outros times.