Copa do Brasil

Copa do Brasil: Gilson Kleina exalta vitória da Ponte, mas admite rendimento abaixo

Macaca despachou o Novo Hamburgo, em vitória por 2 a 1, e avançou à segunda fase do mata-mata

Publicado em 14/02/2020
por Federação Paulista (FPF)

Campinas, SP, 14 (AFI) - A Ponte Preta é uma das equipes classificadas para a segunda fase da Copa do Brasil 2020. Com vantagem do empate por ter o ranking superior ao do adversário, o time da cidade de Campinas derrotou o Novo Hamburgo por 2 a 1, atuando fora de casa, no Estádio do Vale, na noite da última quinta-feira.

O técnico Gilson Kleina ressaltou a importância da vitória e a consequente classificação, mas admitiu que a segunda etapa foi abaixo.

"O maior sentimento é classificar com vitória. Jogar aqui é difícil, todos falando que eles não vinham bem no Gaúcho, mas trocou treinador, é outro campeonato, os atletas entraram com outro sentimento", ressaltou.

Após classificação, Gilson Kleina vê evolução na Ponte Preta - Álvaro Júnior / AA Ponte Preta
Após classificação, Gilson Kleina vê evolução na Ponte Preta
"Nosso time foi competente no primeiro tempo, fizemos o gol e ficamos na iminência de fazer o segundo. Nossa volta não foi boa, tivemos dificuldades, perdemos a segunda bola e tomamos o gol. O importante é sair com a vitória", emendou.

MELHORANDO

O comandante também pontuou a evolução da equipe, usando principalmente a partida pelo Paulistão contra o Palmeiras, como exemplo do crescimento.

"É importante para todos que passem por essa fase, viver cada jogo de cada vez. Estamos sabendo administrar, a diretoria está atenta, estamos conversando com atletas para rendimento não cair. Temos que olhar para frente", declarou.

"Fizemos um bom segundo tempo contra o Palmeiras, fomos bem aqui, jogada do gol foi resultado do trabalho. O time está crescendo. Tem o que acertar, principalmente a queda de rendimento. Sofremos, mas levamos a classificação", concluiu.

E AGORA?

Na segunda fase da Copa do Brasil, a Ponte Preta recebe o Vila Nova-GO. Dessa vez, o jogo será no Estádio Moisés Lucarelli, e em caso de empate, a decisão será nas penalidades máximas.

Pelo Paulistão, o time volta a campo na próxima segunda-feira, 17, quando visita o Ituano no Estádio Novelli Junior, às 20h, pela sexta rodada da competição.