Brasileiro

Ferroviaria-SP 1 x 1 Portuguesa-RJ - Bom jogo e empate entre líderes do Grupo A7

As equipes dividem a liderança do Grupo A7 com quatro pontos, mas os paulistas levam vantagem nos gols pró

Publicado em 26/09/2020
por Agência Futebol Interior

Araraquara, SP, 26 (AFI) - Na segunda rodada do Campeonato Brasileiro Série D, Ferroviária e Portuguesa-RJ se enfrentaram na Arena Fonte Luminosa, em Araraquara (SP) neste sábado (26). Os mandantes saíram na frente com bonito gol de Nando Carandina, mas os visitantes empataram logo depois com Adriano.

Com o resultado, Ferroviária e Portuguesa-RJ dividem a liderança do Grupo A7 com quatro pontos, mas o time paulista leva vantagem nos gols pró. A chave está embolada, pois Cabofriense-RJ e Bangu-RJ, que têm menor saldo de gols, também estão com quatro pontos.

CHANCES NO PRIMEIRO TEMPO

Jogando em casa, a Ferroviária começou assustando aos 20 minutos. Anderson Salles cobrou falta direto para o gol e forçou o goleiro a dar um soco e mandar para escanteio.

A Portuguesa respondeu com escanteio curto. Após cruzamento, Dilsinho tocou para Marcão, praticamente embaixo do travessão. O zagueiro, porém, mandou por cima.

Os paulistas ainda tiveram duas chances antes do intervalo.

Aos 32, em contra-ataque, Tiago Marques invadiu a área pelo lado esquerdo, chutou em cima do adversário, mas a bola sobrou para ele de novo.

A finalização, porém, saiu muito alta. Depois, de falta, Anderson Salles tentou pegar o goleiro desprevenido e levou perigo.

FERRINHA ABRE O PLACAR

No segundo tempo, depois de duas boas chegadas dos cariocas, quem abriu o placar foi a Ferroviária.

Aos 17, Nando Carandina chegou como elemento surpresa na entrada da área, do lado direito. Ele recebeu passe de Bruno Mezenga e chutou de primeira no canto oposto para marcar um belo gol.

MAS SOFRE EMPATE LOGO DEPOIS

Dez minutos depois, porém, os visitantes conseguiram empatar. Em boa troca de passes, Muniz cruzou na cabeça de Adriano, que completou para o gol.

PRESSÃO NO FIM

A Ferroviária exerceu pressão no fim e teve três chances, todas em chutes de fora da área. Um foi com Bruno Mezenga, aos 35, exigindo grande defesa do goleiro. As outras duas saíram por cima, com perigo, de Igor, aos 43, e Fellipe Mateus, aos 47.

PRÓXIMOS JOGOS

Na terceira rodada, a Ferroviária volta a campo na próxima quarta-feira (30), às 20h30, diante do FC Cascavel-PR, novamente na Arena Fonte Luminosa. Um pouco antes, às 15h, a Portuguesa-RJ enfrenta o Bangu-RJ, no Estádio Luso Brasileiro, no Rio de Janeiro (RJ).