Brasileiro

Ex-São Paulo, meia que vinha disputando o Paulistão é apresentado por time da Série B

"Sei da minha responsabilidade, por eu ter disputado Libertadores, Sul-Americana", afirmou Thomaz

Publicado em 05/06/2020
por Agência Futebol Interior

Ponta Grossa, PR, 05 (AFI) - O meia-atacante Thomas, que estava na Inter de Limeira, pela qual disputou dez partidas do Campeonato Paulista, foi apresentado oficialmente pelo Operário Ferroviário, em entrevista coletiva virtual.

Antonio Thomaz Santos de Barros, 34, atuou pelas categorias de base do São Paulo e do Corinthians, além do Internacional, pelo qual se destacou na Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2006.

Depois, rodou por clubes de menor investimento, como Caxias, Treze e Brasiliense, e por times de Estados Unidos e Suíça. Entre 2015 e 2017, porém, foi um dos 'caras' do boliviano Jorge Willstermann, que chegou às quartas de final da Libertadores de 2017.

Foto: Divulgação/Operário-PR
Foto: Divulgação/Operário-PR
Chamou a atenção do São Paulo, mas pouco rendeu e acabou emprestado a Red Bull Brasil, Paysandu e o também boliviano Bolívar antes de vestir as cores da Inter de Limeira.

"Sei da minha responsabilidade, por eu ter jogado no São Paulo e em alguns clubes, disputado Libertadores, Sul-Americana. Acredito que a cobrança vai ser forte, mas não só em cima de mim, acredito que no time inteiro. Vamos trabalhar forte para desempenhar o melhor papel", afirmou, antes de comentar o estilo que tem dentro de campo.

"Na Bolívia, gostava de jogar pela esquerda porque tinha mais bolas longas e eu recebia a bola melhor. No São Paulo, era um time mais técnico, com bola de pé em pé, e meus melhores jogos foram por dentro. Onde for necessário, vou entrar. Na Inter de Limeira, o Elano pediu para jogar de 9, fomos e ganhamos o jogo. Depende da necessidade", contou.

"Acredito que não poderei ser inscrito no Paranaense, só se mudar a regra. Então, é treinar forte, me preparar para estar pronto quando começar a Série B", encerrou.