Espanhol

Espanhol: LaLiga celebra décima primeira Bola de Ouro seguida

A sexta vitória de Messi significa que este é o 11º ano consecutivo em que um jogador da LaLiga Santander vence o prêmio

Publicado em 05/12/2019
por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 05 - Dez anos depois de ganhar sua primeira Bola de Ouro, prêmio concedido anualmente pela France Football ao melhor jogador do ano, Lionel Messi conquista seu sexto título, tornando-se novamente o maior campeão da premiação. O atacante do Barcelona foi coroado como melhor jogador do planeta em 2009, 2010, 2011, 2012, 2015 e agora em 2019.

11 ANOS CONSECUTIVOS!

O melhor jogador do mundo é da LaLiga pelo 11º ano consecutivo
O melhor jogador do mundo é da LaLiga pelo 11º ano consecutivo

A sexta vitória de Messi significa que este é o 11º ano consecutivo em que um jogador da LaLiga Santander vence o prêmio.

Nesse período, Cristiano Ronaldo e Luka Modric, ambos pelo Real Madrid, foram os outros ganhadores.

Este domínio de 11 conquistas em sequência é um recorde, e o mais próximo que qualquer outra liga chegou são as seis vitórias consecutivas dos jogadores da Bundesliga entre 1976 e 1981.

Essa é também a 23ª vitória geral de um jogador da LaLiga, seguido por 18 conquistas da Serie A, nove da Bundesliga e seis da Premier League.

MUDANÇAS

Como o próprio Messi admitiu na festa realizada em Paris, muita coisa mudou desde que foi nomeado o melhor do mundo pela primeira vez.

“Lembro que vim para Paris quando tinha apenas 22 anos, para a primeira cerimônia e foi algo incrível”, disse após receber o troféu das mãos de Luka Modric, vencedor de 2018. “Nunca parei de sonhar durante todo esse tempo. Continuei querendo crescer e melhorar a cada dia. Acima de tudo, nunca parei de gostar de futebol.”

APOSENTADORIA

Agora com 32 anos, o argentino fala sobre a possibilidade de se aposentar, mas acredita que ainda tem vários anos de futebol de alto nível.

“Graças a Deus, posso fazer o que amo desde que tinha um ou dois anos”, continuou Messi. “Espero ter vários anos pela frente para desfrutar o futebol. Estou ciente da minha idade, você acaba aproveitando muito mais esses momentos com a proximidade da aposentadoria, isso é difícil. Mas repito, espero ter muitos anos pela frente. Nesses momentos, parece que o tempo voa e tudo acontece muito rapidamente. Espero continuar curtindo meu futebol, minha família, meus adversários e a vida que tenho”.

Outros seis jogadores da LaLiga estavam no Top 30: Frenkie de Jong (11º), Eden Hazard (13º), Antoine Griezmann (18º), Marc-André ter Stegen (24º), Karim Benzema (26º) e João Félix (28º).

MERECIMENTO

O prêmio deste ano vai para um jogador que fez um 2019 espetacular, com 46 gols e 17 assistências.

Na véspera da cerimônia, Messi mostrou exatamente o motivo de ser considerado o melhor do mundo ao decidir o confronto com o Atlético de Madrid no Wanda Metropolitano aos 86 minutos de partida.

DECISIVO

Messi tem decidido pelo Barcelona durante todo o ano, terminando a temporada 2018/19 como o goleador máximo da Europa. Seus 36 gols levaram o Barcelona a um segundo título consecutivo da LaLiga e o seu primeiro como capitão da equipe, depois de assumir a braçadeira de Andrés Iniesta. Com 12 gols, ele também foi o artilheiro da Liga dos Campeões do ano passado e impressionou ao marcar 5 gols em 10 jogos pela seleção argentina.