Paulista

Irritado com arbitragem, Elano arranca jogadores das entrevistas pós-jogo

Leão voltará a campo na sexta-feira, 21 de fevereiro, às 16 horas, quando visitará o Botafogo

Publicado em 14/02/2020
por Agência Futebol Interior

Limeira, SP, 14 (AFI) - A Inter de Limeira foi derrotada pelo Santo André, por 1 a 0, nesta sexta-feira, no Limeirão, pela sexta rodada do Campeonato Paulista. Após o jogo, o técnico Elano, assim como jogadores e torcedores descontaram toda a frustração no árbitro João Vitor Gobi.

A irritação começou com a expulsão do lateral-direito Elácio Cordóba. Mas o juizão também esteve na mira de Elano que foi advertido durante a partida. Já os jogadores não gostaram dele ter dado vantagem em um lance de contra-ataque no final do jogo e de ter terminado a partida em um ataque dos donos da casa.

"Primeiro tomamos um gol muito rápido e depois não tivemos como empatar... Desculpa irmão", disse Roger Bernardo ao ser puxado por Elano enquanto concedia entrevista na saída do gramado.

EXPLICAÇÃO!

Na bronca com a arbitragem. (Foto: Divulgação)
Na bronca com a arbitragem. (Foto: Divulgação)
O técnico da Inter de Limeira puxou um a um enquanto a torcida aplaudia os torcedores e vaiava João Vitor Gobi. O treinador ainda tentou se explicar.

"A gente fica chateado. Se entristece. Ele (árbitro) disse que deu amarelo porque eu pulei. Vou tirar os meninos daqui para ficar tranquilo", se limitou a dizer o ex-meia do Santos.

A Inter soma nove pontos, mas poderá perder a liderança do Grupo C. O Leão voltará a campo na sexta-feira, 21 de fevereiro, às 16 horas, quando visitará o Botafogo no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, pela sétima rodada.