Brasileiro

Clube formador cobra por joias reveladas e tenta tirar 'bolada' do São Paulo

Dentre as taxas contratuais cobradas na justiça estão os contratos de Luan e Lizieiro

Publicado em 14/08/2019
por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 14 (AFI) - O São Paulo pode ser condenado a pagar um 'bolada' em breve e ter um gasto que não era previsto em seu orçamento. Isso porque o clube Pequininos do Jockey, time formador de jogadores da capital paulista, entrou na Justiça para cobrar o pagamento dos 5% das eventuais vendas de 21 jogadores que estão atuando no Morumbi.

Dentre os mais conhecidos estão Luan e Lizieiro, que vem sendo titulares nestes últimos jogos. O clube formador alega que tem um contrato assinado com o São Paulo desde 2006, no qual o tricolor promete o pagamento desses 5% de todos os jogadores vendidos que tenham passado na equipe do Jockey.

Dentre as taxas contratuais cobradas na justiça estão os contratos de Luan e Lizieiro
Dentre as taxas contratuais cobradas na justiça estão os contratos de Luan e Lizieiro
Porém ainda não houve nenhuma notificação de cobrança pelos lados do São Paulo. Deste 21 jogadores apenas um já foi vendido. Trata-se do volante Luizão, que fez parte da negociação do zagueiro Maicon, em 2007 e atualmente pertence ao Porto-POR.

O valor dessa venda não foi repassado ao Jockey e a partir daí veio o estopim para a cobrança judicial.