Inglês

Luto! Campeão mundial com a Inglaterra em 1966, morre aos 85 anos

Ele morreu em casa na sexta-feira em sua cidade natal, Northumberland, no nordeste da Inglaterra

Publicado em 11/07/2020
por Agência Estado

São Paulo, SP, 11 - Campeão da Copa do Mundo de 1966 com a seleção da Inglaterra e considerado lenda do futebol inglês, Jack Charlton morreu nesta sexta-feira, aos 85 anos. O anúncio foi feito por seus familiares por meio de um comunicado e reforçado pelo Leeds United, clube em que Charlton foi ídolo.

Charlton morreu em casa na sexta-feira em sua cidade natal, Northumberland, no nordeste da Inglaterra. O ex-jogador estava na companhia de sua família, que disse, por meio de um comunicado, que ele faleceu "em paz". Ele lutava há tempos contra um linfoma e sofria de demência.

"Além de amigo de muitos, ele era um marido, pai muito adorado, avô e bisavô", escreveram os familiares. "Não podemos expressar como estamos orgulhosos da vida extraordinária que ele levou e o prazer que trouxe para tantas pessoas em diferentes países e em todas as esferas da vida", prosseguiram.

"Ele era um homem completamente honesto, gentil, engraçado e genuíno, sempre com tempo para pessoas. Sua perda deixará um enorme buraco em todas as nossas vidas, mas estamos gratos por uma vida inteira de lembranças felizes".

MINUTO DE SILÊNCIO!
Os jogos deste fim de semana do Campeonato Inglês serão precedidos por um minuto de silêncio em homenagem a Charlton e os jogadores usarão braçadeiras pretas. "Estamos arrasados com a morte de Jack Charlton. Uma lenda do jogo. Descanse em paz", escreveu a seleção da Inglaterra em suas redes sociais.

 Jack Charlton morreu aos 85 anos
Jack Charlton morreu aos 85 anos
Irmão mais velho de Bobby Charlton, hoje com 82 anos, outra lenda do futebol inglês, também campeão mundial em 1966, Jack fez história no Leeds, onde jogou por mais de 20 anos, de 1952 a 1973. Ele foi o jogador que mais atuou pelo clube, com 773 aparições, e colecionou títulos, incluindo o do Campeonato Inglês na temporada 1968/69, da Copa da Inglaterra (1971/72) e da Copa da Liga Inglesa (1967/68). O zagueiro tem 96 gols pelo Leeds e é nono maior artilheiro da história do time do norte da Inglaterra.

"O Leeds United ficou profundamente entristecido ao receber a notícia de que a lenda do clube, Jack Charlton, morreu durante a noite passada aos 85 anos, após uma longa doença", afirmou o clube em nota. "Ele se tornou um dos melhores zagueiros de todos os tempos", completou.

Pela seleção inglesa, "Big Jack", como era apelidado, disputou 35 jogos e anotou 6 gols, tendo participado das Copas do Mundo de 1966 e de 1970. Foi eleito o melhor jogador do futebol inglês em 1967.

Jack tentou levar uma vida simples apesar do sucesso no futebol e da fama que alcançou. Permaneceu um personagem afável, apaixonado pelos prazeres simples da vida e que protagonizou histórias insólitas, como a que comemorou o título mundial em 1966 na casa de uma pessoa desconhecida e acabou dormindo no chão.

MAIS DE CHARLTON
Após se aposentar, o ex-zagueiro deu início a uma importante carreira como treinador. Seu trabalho de maior relevância foi no comando da seleção da Irlanda, que levou a duas Copas do Mundo, de 1990, na qual os irlandeses chegaram às quartas de final, e 1994. Seu estilo era de um futebol físico, direto e objetivo.

Charlton disse que sua melhor lembrança como treinador da Irlanda foi a vitória de 1 a 0 sobre o Brasil em um amistoso disputado em 1987. Ele se demitiu da seleção irlandesa em 1996, após dez anos no cargo.

"Ele deixa um legado de excelente liderança sobre um grupo de jogadores de muitos

talentos diversos, que ele moldou na equipe de sucesso que capturou a imaginação da nação", disse o presidente da Irlanda, Michael D. Higgins. "Não foi apenas o sucesso no campo de jogo, a popularidade cativante de Jack também teve muito a ver com o calor e a personalidade da pessoa que rapidamente tornou-se um ícone esportivo tão lendário", acrescentou Higgins.

Ele recebeu a cidadania irlandesa honorária em 1996. Uma estátua em tamanho real dele foi erguida no aeroporto de Cork, representando-o usando equipamento de pesca e segurando um salmão, em referência ao passatempo favorito de Charlton.

A equipe de seu irmão Bobby, o Manchester United, também deixou sua homenagem a Jack. "Ficamos tristes ao saber da morte de Jack Charlton, irmão de Sir Bobby e membro da seleção inglesa campeã do mundo em 1966", disse o United. John Aldridge, ex-jogador do Liverpool e da seleção irlandesa, afirmou que Jack Charlton foi o "melhor técnico para o qual jogou'.