Paraense

Ídolo do Paysandu, ex-meia que disputou a Libertadores assume time do Paraense

Rogerinho Gameleira participou do período mais vitorioso da história do Papão da Curuzu, entre os anos 1990 e começo dos 2000

Publicado em 13/11/2019
por Agência Futebol Interior

Paragominas, PA, 13 (AFI) - O Paragominas já tem técnico para a disputa do Campeonato Paraense de 2020. Trata-se de Rogerinho Gameleira, que terá a primeira experiência como treinador de uma equipe profissional. Ex-volante de 51 anos, é natural de São Carlos (SP), mas ficou famoso no Norte do Brasil.

Como jogador, ele participou do período mais vitorioso da história do Paysandu. Foi bicampeão brasileiro da Série B, em 1991 e 2001, e conquistou a Copa Norte de 2002 e a Copa dos Campeões de 2002. Em 2003, participou da Libertadores, na qual o Papão foi eliminado apenas pelo Boca Juniors.

Rogerinho Gameleira — Foto: Fernando Torres/Paysandu
Rogerinho Gameleira — Foto: Fernando Torres/Paysandu
Revelado pelo Botafogo-SP, ainda passou por clubes como Remo, Tuna Luso, Castanhal, Águia de Marabá e Ananindeua. Como auxiliar, Rogerinho Gameleira trabalhou no Ananindeua e no Santa Cruz de Cuiarana até retornar à Curuzu. No Papão, foi assistente de técnicos como Marquinhos Santos e Gilvanildo Oliveira e dirigiu o Sub-20.

REGULAMENTO
O formato do Campeonato Paraense de 2020 será o mesmo da atual temporada. Os dez times estão divididos em dois grupos de cinco, sendo que as equipes do Grupo A1 encaram as do Grupo A2. Após dez rodadas, o lanterna de cada chave estará rebaixado para a Segunda Divisão Estadual, enquanto os dois melhores de cada uma avançam às semifinais.