Eliminatórias - Europa

Atacante brasileiro sofre fratura, faz dois gols e leva seu time à vitória em Malta

Em Malta, Caio Rocha disputou 16 partidas, anotando cinco gols e cinco assistências, além de cinco MVPs da partida e um do mês

Publicado em 28/01/2020
por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 28 (AFI) - O atacante brasileiro Caio Rocha teve uma noite mágica em campo na última sexta-feira (28). Jogando pelo Birkirkara, de Malta, em partida válida pelas oitavas de final da Copa da Liga Maltesa (FA Cup), o jogador sofreu uma entrada dura do goleiro adversário, fraturou o braço, mas continuou em campo e fez os dois gols da sua equipe na partida, classificando o time às quartas do torneio.

SUPERAÇÃO

Faltando dois minutos para o fim do primeiro tempo, com o placar ainda em 0 a 0, Caio sofreu uma entrada dura do goleiro adversário e fraturou o braço. No vestiário, ao ser perguntado se continuaria na partida, o atacante afirmou que ficaria em campo.

"Chegando no vestiário, todos me perguntaram se eu iria continuar. Respondi que estava sentindo muita dor, mas que queria tentar", disse o jogador ao Portal Futebol Interior.

BRILHOU

Caio Rocha comemorando com o braço enfaixado. (Foto: Joe Borg)
Caio Rocha comemorando com o braço enfaixado. (Foto: Joe Borg)

Na volta para o segundo tempo, logo aos dois minutos, recebendo um lançamento, o artilheiro anotou seu primeiro gol na partida.

Cinco minutos depois, aos sete da segunda etapa, Caio recebeu a bola no meio de campo, conduziu em velocidade até a área adversária e com um corte, enganou a defesa do adversário e chutou no cantinho do goleiro, para ampliar o placar e classificar sua equipe às quartas de final.

"Voltei para o segundo tempo com o braço todo enfaixado e quebrado. Ninguém sabia que tinha sofrido a fratura, pois me falaram que se eu tivesse quebrado o braço, não estaria aguentando de dor, mas creio que Deus me abençoou de uma forma que eu não sentisse dor, para que eu pudesse jogar e Ele pudesse me abençoar com os dois gols que vieram na segunda etapa", afirmou Caio Rocha.

CARREIRA

Caio, que já atuou pelas categorias de base do Coritiba, é destaque no futebol europeu desde muito cedo. Aos 12 anos, o atacante foi eleito o melhor jogador da ilha de Ibiza, na Espanha, chamando a atenção do Mallorca, onde jogou nas categorias de base do clube.

Foto: Joe Borg
Foto: Joe Borg

No Brasil, o jogador, hoje com 25 anos, chegou para as categorias de base do Coritiba, em 2008, com 14 anos e ficou no time paranaense até os 20, em 2016.

Por questões de contrato e problemas com seu ex-empresário, Caio saiu do coxa sem saber qual clube iria defender.

Após atuar por alguns clubes do Paraná, como o Grêmio Maringá, o atacante recebeu uma oportunidade de voltar para onde começou a brilhar: Ibiza. Por lá, o atleta recomeçou jogando no futebol amador e ajudou seu clube a conquistar o acesso à terceira divisão do Campeonato espanhol.

RECOMEÇO

Por não estar com a documentação pronta para jogar profissionalmente na Espanha, Caio foi novamente para outro time amador, onde brilhou, com 44 gols em 21 jogos e foi considerado o melhor jogador da Ilha 10 anos após seu primeiro prêmio.

Caio foi considerado o melhor jogador da Ilha de Ibiza duas vezes
Caio foi considerado o melhor jogador da Ilha de Ibiza duas vezes

"Fui o maior artilheiro da história do campeonato. Fui escolhido o melhor jogador e quando minha documentação ficou pronta vários clubes entraram em contato comigo e então eu assinei contrato com uma categoria superior."

"Porém, de um dia para outro apareceu a chance ir a jogar a Primeira Divisão de Malta. Não pensei duas vezes. Tudo em comum acordo com o clube que eu já tinha assinado, que me deu todo o apoio. Graças a Deus deu tudo certo, assinei contrato profissional e voltei a elite do futebol para poder recomeçar minha carreira", completou.

EM ALTA

Pelo Birkirkara, Caio Rocha disputou 16 partidas, anotando cinco gols e cinco assistências, contando jogos do Campeonato Maltês e da Copa da Liga.

Caio recebeu o prêmio de melhor jogador da Liga em Setembro
Caio recebeu o prêmio de melhor jogador da Liga em Setembro

O atacante ganhou o prêmio de melhor jogador da partida cinco vezes e ainda foi considerado o melhor jogador da Liga no mês de Setembro.