Baiano

BAIANO: Em dia de lama e caos, times vencem e perdem as primeiras no estadual

Chuva torrencial ameaçou jogo entre Vitória da Conquista e Bahia, mas boa drenagem do Lomantão garantiu a partida

Publicado em 17/02/2019
por Agência Futebol Interior

Jacobina, BA, 17 (AFI) - Abrindo a sexta rodada do Campeonato Baiano, o Jacobina recebeu o Jacuipense, em duelo direto na fuga do rebaixamento, e tranquilizou a sua torcida ao vencer por 3 a 2. Em outro embate destaque das 16h, o Bahia de Feira conheceu a sua primeira derrota ao ser superado pelo Atlético de Alagoinhas, no Carneirão, em Alagoinhas, por 3 a 1.

Além dos primeiros triunfos, vale destacar a chuva torrencial a qual quase adiou o jogo entre Vitória da Conquista e Bahia, atrasando a partida em vinte minutos e transformando a arquibancada em algo similar a uma cachoeira de lama durante parte do tempo. Apesar dos transtornos, o jogo ocorreu normalmente e terminou com vitória dos soteropolitanos por 3 a 1.

PRIMEIRA VITÓRIA...

Em um jogo movimentado, o Leão do Sisal não se intimidou por jogar fora de casa e dominou o Jegue da Chapada em seus domínios. Aos 26 minutos, Marcelo Nicácio sofreu pênalti e ele mesmo foi para a cobrança, convertendo a chance em gol. O tento sofrido acordou os mandantes e eles logo empataram através de Matheus, levando a igualdade para o intervalo.

Jacobina vence o Jacuipense no José Rocha. Foto: Augusto Urgente - Augusto Urgente
Jacobina vence o Jacuipense no José Rocha. Foto: Augusto Urgente

Na subida dos vestiários, brilhou a estrela do atacante Jeam. Artilheiro jacobinense com quatro gols no campeonato, ele marcou dois, aos 7 e aos 18, sendo o terceiro gol dos mandantes marcado através de um lindo chute de fora da área, no canto. Marcelo Nicácio, interminável, ainda chegou a marcar outro e dar ares de dramaticidade ao confronto, encerrado em 3 a 2 para o alívio dos 1.066 torcedores presentes no José Rocha - a renda foi de R$ 21.468,00.

...E PRIMEIRA DERROTA

Outro time a conquistar o seu primeiro triunfo no Baianão foi o Atlético de Alagoinhas, impondo também o primeiro revés do até então líder Bahia de Feira. Com um jogador a mais desde os quatro minutos do primeiro tempo, o Carcará partiu para cima, mas saiu atrás ao sofrer um gol de Edinho, aos nove.

Aproveitando a vantagem numérica, porém, o time partiu para cima e logo empatou o jogo. Aos 21, Bremer marcou e deixou tudo igual. A virada veio apenas no segundo tempo, através de Azevedo, aos 31. No fim do jogo, ainda deu tempo do artilheiro João Neto guardar um e fechar a contagem em 3 a 1.

EMPATE AMARGO

Apesar de o Fluminense de Feira ter feito um jogo melhor desde o início, foi o Jequié quem saiu na frente. Ainda no primeiro tempo, Marcelinho não perdoou e fez 1 a 0. Com uma boa consistência defensiva, a ADJ foi para o intervalo com a vantagem.

Apesar de ter suportado bem a pressão, o Jipão acabou vendo dois dos três pontos irem pelo ralo quando Bambam empatou já nos acréscimos do segundo tempo e deu um dos pontos ao Touro de Feira de Santana.

LAMA E CAOS

No duelo das 17h, o grande destaque foi o caos pré-jogo. Após uma chuva torrencial, a qual causou pânico entre torcedores, jogadores e imprensa ao transformar a arquibancada em um tobogã de lama, tirar rádios do ar e ameaçar a realização do jogo, o sol saiu e todos assistiram a drenagem do Lomanto Júnior funcionar muito bem, garantindo o cumprimento da partida, apesar do atraso inicial de 20 minutos.

Temporal ameaçou a realização do jogo entre Vitória da Conquista e Bahia. Foto: Reprodução/WhatsApp - Reprodução/WhatsApp
Temporal ameaçou a realização do jogo entre Vitória da Conquista e Bahia. Foto: Reprodução/WhatsApp

Apesar da correria pré-jogo, dentro de campo os torcedores os quais se arriscaram a permanecer no Lomantão assistiram a um primeiro fraco e sonolento, encerrado com vitória do Tricolor de Aço por 1 a 0. Aos 30 minutos do primeiro tempo, Flávio deu lindo lançamento para Iago pela direita de campo. Recebendo bem, ele avançou, limpou o marcador e chutou forte para abrir o placar.

Na volta do intervalo, o jogo animou e mudou: aos 10 do segundo tempo, Nilton ampliou. Treze minutos mais tarde, Fernando Medeiros marcou o terceiro do Esquadrão e escrevendo o 3 a 0. Patuta ainda chegou a descontar e esboçar uma reação em favor do Bode, mas a contagem foi fechada em 3 a 1 favorável ao Super-Homem.

PRÓXIMOS JOGOS

Com os duelos deste domingo, o Campeonato Baiano volta à quarta rodada e a finaliza na próxima quarta-feira (20), com o duelo entre Juazeirense e Fluminense de Feira, no Adauto Moraes, em Juazeiro, às 20h30. Depois, finalizando a sexta rodada, o Cancão de Fogo recebe o Vitória às 17h do próximo domingo (24).

A partida diante do Leão da Barra ocorre em paralelo com os jogos da sétima rodada, iniciada no sábado (23) com a partida entre Bahia de Feira e Jequié, na Arena Cajueiro, às 16h. No domingo, o Fluminense de Feira recebe o Vitória da Conquista no Jóia da Princesa, também às 16h.

Na quarta-feira seguinte (27), três jogos fecham a rodada: em Salvador, o Vitória recebe o Atlético de Alagoinhas, às 20h30, no Barradão. No mesmo horário, a Juazeirense regulariza o seu calendário estadual ao enfrentar o Jacobina. Uma hora mais tarde, Jacuipense e Bahia fecham a rodada em jogo com mando ainda a ser definido.