Paulista

Paulista A2: Atacante mira acesso e título com São Bernardo: 'Time muito encaixado'

“Apesar da paralisação, estamos sempre trabalhando e nos fortalecendo cada vez mais, mesmo em casa"

Publicado em 05/04/2020
por Federação Paulista (FPF)

São Bernardo do Campo, SP, 05 - No universo futebolístico, o que não falta são histórias sobre jovens que deixam a sua terra natal em busca do sonho de conquistar o mundo por meio do futebol. Esse é o caso de Marlyson, atacante que está se destacando com a camisa do São Bernardo FC, líder do Paulistão A2.

Artilheiro do time do ABC paulista, com seis gols, o jogador nasceu na pequena cidade de Rosário, no interior do Maranhão. Ainda atuando no futebol amador de sua cidade, foi descoberto em uma competição por olheiros do Joinville, que o levaram para Santa Catarina.

“Eu fazia parte da seleção da minha cidade em um torneio amistoso da região, quando olheiros do Joinville me viram jogar, e no meio de tantas pessoas mais velhas, me enxergaram como um dos destaques, então me levaram para Santa Catarina, onde fui muito bem recebido e me adaptei rapidamente, sendo artilheiro de dois campeonatos na base”, disse.

Apesar da rápida adaptação e o sucesso alcançado na base do clube catarinense, Marlyson não esconde que foi difícil abandonar o Maranhão, principalmente para um lugar com um clima completamente.

“A saída do Maranhão foi um pouco difícil, ainda mais para um lugar frio, como é o caso de Santa Catarina, mas sempre focado no meu objetivo, consegui superar todas as adversidades que apareciam no meu caminho”, ressaltou o atacante.

 Foto: Gabriel Gotto/São Bernardo FC
Foto: Gabriel Gotto/São Bernardo FC
SUCESSO NO ABC PAULISTA

Após ter passagens pelo Paraná e Ponte Preta, o atleta de 22 anos desembarcou no ABC paulista nesta temporada, e não demorou para começar a fazer sucesso com a camisa do São Bernardo FC, alcançando feitos importantes, como ter deixado a sua marca em cinco dos seis jogos diante de sua torcida.

“Eu cheguei no São Bernardo depois de uma lesão no joelho, mas consegui me recuperar bem. Consegui me adaptar muito bem à cidade e ao estilo de jogo imposto pelo nosso treinador (Marcelo Veiga), e principalmente ao nosso campo, já que eu não fiz gol em apenas um jogo atuando no estádio Primeiro de Maio”, destacou.

Artilheiro do clube com seis gols, metade dos tentos feitos pelo time no certame, o maranhense ressalta a importância do bom ambiente encontrado no clube.

“Os gols feitos no São Bernardo sem dúvidas foram conquistados com muito trabalho. Com certeza o apoio do torcedor, dos companheiros e do treinador estão sendo primordiais, então só posso agradecer a todos que estão fazendo essa campanha na liderança estar sendo possível”, enalteceu.

Peça fundamental no esquema de Veiga, o ainda jovem jogador revelou os objetivos do clube para a sequência do ano.

“Nosso time é muito encaixado, e com um treinador e comissão muito qualificados. Acredito que a nossa maior força se encontra quando entramos em campo e nos unimos, já que sempre deixamos claro que o nosso grupo é uma família, com cada um se doando e correndo pelo outro. Nosso objetivo maior é conquistar a Série A2 e consequentemente garantir o acesso para a elite. Todos nós sonhamos com isso”, enfatizou.

FOCO TOTAL

Apesar da paralisação do Paulistão A2 por conta da pandemia do Covid-19, Marlyson continua treinando dentro de casa.

“Apesar da paralisação, estamos sempre trabalhando e nos fortalecendo cada vez mais, mesmo em casa. Não podemos ‘deixar a peteca cair’, já que somos os líderes e temos que nos manter assim em uma eventual volta do torneio. Por isso visamos manter a forma física, ainda mais com as instruções passada pelos nossos preparadores”, finalizou.

O São Bernardo FC se encontra na liderança da A2, com 22 pontos. O time acumula quatro jogos de invencibilidade, e conta com apenas duas derrotas em doze rodadas disputadas.