Pernambucano

Após rebaixamento, presidente entrega cargo em clube pernambucano

Olavo Bandeira disse que é uma decisão particular e garantiu que decisão não tem a ver com 'derrota' do Fla de Arcoverde nos tribunais

Publicado em 22/03/2019
por Agência Futebol Interior

Recife, PE, 22 (AFI) - Três anos antes do fim do mandato, o presidente do Flamengo de Arcoverde, Olavo Bandeira resolveu anunciar a sua renúncia do cargo e a saída do clube. De qualquer formam, o mandatário afirmou que se trata de uma decisão particular e garantiu que não tem a ver com 'derrota' nos tribunais.

Por conta de uma escalação irregular do atacante Edmilson de Jesus durante a primeira fase, o clube foi punido com a parda de 13 pontos, que culminou com o rebaixamento do Flamengo para a segunda divisão do Campeonato Pernambucano. Fechando a primeira fase com -5 pontos, já que só tinha somado oito no decorrer do estadual.

O presidente Olavo Bandeira anunciou sua saída por questões particulares
O presidente Olavo Bandeira anunciou sua saída por questões particulares

De qualquer forma, em seu comunicado oficial, divulgado nas redes sociais, o agora, ex-presidente, enalteceu suas conquistas dentro do clube nesses últimos anos e disse que “ganhar ou perder faz parte”.

CONFIRA O COMUNICADO FEITO PELO MANDATÁRIO
"Gostaria de informar a todos que chega ao fim a minha passagem pelo Flamengo de Arcoverde. Foi uma experiência maravilhosa que tive a frente deste clube. Assumir em 2016 o clube na Segunda Divisão e logo fomos campeões do Pernambucano. Em 2017 disputamos a Primeira Divisão e classificamos o time para uma competição nacional. Em 2018 disputamos mais uma vez o Campeonato Pernambucano da Primeira Divisão.

Em 2019 infelizmente não conseguimos nossos objetivos. Futebol é surpreendente e como diz a música, “ganhar ou perder faz parte”. Gostaria de agradecer a todos que nos ajudaram diretamente ou indiretamente. Desejo todo sucesso do mundo ao novo Presidente. Um forte abraço a todos e que Deus possa abençoar a vida de cada um de vocês."