Brasileiro

Após eliminação, ídolo do Vasco deixa comando técnico de time da Série D

Após uma longa reunião, Valdir Bigode se despediu Vitória-ES nesta terça-feira (09)

Publicado em 09/07/2019
por Agência Futebol Interior

Vitória, ES, 09 (AFI) - Após a eliminação para o Ituano nas oitavas de final do Campeonato Brasileiro da Série D, o Vitória-ES se reapresentou nesta terça-feira e viveu um dia de despedidas. O primeiro a puxar a fila foi o técnico Valdir Bigode, que após uma reunião com a diretoria, deixou o comando técnico do clube em comum acordo com os dirigentes.

Além de Bigode, também deixao o clube: o auxiliar técnico Têti e o assistente Chapolim. Alguns jogadores também estão de partida, caso do lateral direito Watson e o atacante Rafael Pernão. Outros jogadores podem seguir a barca, enquanto outros discutem suas permanências.

Após uma longa reunião, Valdir Bigode se despediu Vitória-ES nesta terça-feira (09)
Após uma longa reunião, Valdir Bigode se despediu Vitória-ES nesta terça-feira (09)

POR DEZ JOGOS

Ao todo, Bigode ficou a frente o Vitória por dez jogos, sendo quatro vitórias, quatro empates e apenas duas derrotas. Com dez gols marcados e apenas seis sofridos.

Sem o antigo treinador, o time capixaba irá contar mais uma vez com o preparador físico Wesley Martinelli, que comandará a equipe neste primeiro momento.

DUAS COPAS
Mesmo com essas mudanças, o Vitória-ES não terá muito tempo para lamentar. A equipe capixaba irá disputar a Copa Verde e também a Copa Espírito Santo, onde irá defender o título e buscar o bicampeonato.