Amistosos Nacionais

AMISTOSO: Central-PE e Desportiva Perilima-PB protagonizam chuva de gols em Caruaru

Patativa e Águia de Campina mostraram o seu poderio ofensivo e fizeram jogo eletrizante no Lacerdão

Publicado em 09/03/2019
por Agência Futebol Interior

Caruaru, PE, 9 (AFI) - Em um duelo amistoso movimentado, realizado na tarde deste sábado (9), Central-PE e Desportiva Perilima-PB empataram em 4 a 4 no Estádio Lacerdão, em Caruaru-PE, casa da Patativa do Agreste. O embate serviu de preparação e manutenção de ritmo de jogo para ambas as equipes, de folga em seus estaduais neste fim de semana.

O JOGO

Aos dois minutos do primeiro tempo, Genesis deu início à enxurrada de gols e abriu o placar para o Central. Dez minutos depois, a Perilima chegou ao empate com Manu, que virou o jogo por volta dos 20 minutos. Aos 36, Leandro Costa empatou de pênalti. Janelson, aos 39, virou e deu aos mandantes uma vitória parcial de 3 a 2 antes do intervalo.

Central e Perilima protagonizam chuva de gols em Caruaru (Foto: Carlos Recupero/Central SC) - Carlos Recupero/Central SC
Central e Perilima protagonizam chuva de gols em Caruaru (Foto: Carlos Recupero/Central SC)
Na volta dos vestiários, a partida voltou a ficar movimentada e, ainda no início do segundo tempo, Marcelinho Paraíba igualou o placar mais uma vez. Por volta dos 25 minutos, Marlon fez o quarto do Alvinegro Caruaruense, mas, na saída de bola, Luan Gama recebeu e, mais uma vez, deixou o escore igual, fechando a contagem em 4 a 4.

PRÓXIMOS JOGOS

Agora, ambos os times voltam a campo pelos seus estaduais na próxima semana. Na quinta-feira (13), o Central vai ao Recife visitar o Santa Cruz-PE no Arruda, às 21h30, pelo Campeonato Pernambucano. O encontro pode valer a liderança para ambos os clubes.

No domingo (17), a Perilima visita o Treze, no Amigão, em Campina Grande, num duelo de desesperados pelo Campeonato Paraibano. Galo e Águia brigam para fugir do rebaixamento no estadual. Até agora, as duas equipes não conseguiram acumular gordura suficiente para se distanciar dos lanternas Serrano e Esporte de Patos e afastar de vez o risco de rebaixamento.