.

Seleção FI da Série A2 tem ataque de 7 gols e técnico que debutou como mandante

Umberto Louzer venceu pela primeira vez como técnico do time profissional do Guarani; Equipe vem escalada no 4-3-3

Publicado em .

Campinas, SP, 12 (AFI) - A disputa segue intensa na Série A2 do Campeonato Paulista. A 6ª rodada da primeira fase da competição confirmou o São Bernardo como único invicto e melhor time até agora, além de evidenciar que o Guarani entrou de vez na briga pelo G4.

Houve ainda uma brilhante apresentação da Penapolense, que derrubou a invencibilidade do Oeste dentro de seus domínios. De inusitado, a primeira vitória como visitante de Umberto Louzer à frente do time profissional do Bugre, mérito que lhe rendeu o comando da Seleção FI, que vem escalada no 4-3-3 e conta com ataque de sete gols.

______________________________________________________________________________________________________

Dheimisson (Rio Claro);
Grafitte (Penapolense), Dogão (São Bernardo), Marcão (Batatais) e Wellington Saci (Água Santa);
Baraka (Guarani), Franco (Rio Claro) e Branquinho (Penapolense);
Éder Paulista (Inter de Limeira), Alvinho (São Bernardo) e Bruno Mendes (Guarani).

Técnico - Umberto Louzer (Guarani)

______________________________________________________________________________________________________

Umberto Louzer venceu pela primeira vez como visitante
Umberto Louzer venceu pela primeira vez como visitante

Goleiro - Dheimisson (Rio Claro)
Regular até aqui, o arqueiro foi mais uma vez importante para o Galo Azul, que sofreu para segurar o empate sem gols com o Água Santa, em decorrência da expulsão de Victor Sapo, que deixou o time com um a menos no segundo tempo. Apesar de bem postado em campo, o time de Fahel Júnior foi exigido em alguns momentos, nos quais Kolln mostrou tranquilidade para sair sem ser batido do Distrital do Inamar.

______________________________________________________________________________________________________

Lateral-direito - Grafitte (Penapolense)
Na importante vitória diante do antes invicto Oeste, o lateral anotou seu segundo gol no estadual. Rápido e com boa técnica, Grafitte tem sido uma das válvulas de escape do time comandado por Thiago Oliveira. Neste embate, o tento anotado foi decisivo, pois, colocou o CAP em vantagem no placar. Aos 44, ele bateu firme, não dando chances ao goleiro adversário, que viu o time visitante fazer 2 a 1.

______________________________________________________________________________________________________

Zagueiro - Dogão (São Bernardo)
Com físico privilegiado, Dogão tem sido um dos pilares defensivos do Bernô, atualmente o único time invicto no estadual. Diante do Audax, o zagueiro foi mais uma vez seguro e firme nas jogadas, além, de dificilmente ser batido nas bolas áreas. Ofensivamente, ele tem se mostrado uma boa opção nas cobranças de faltas e escanteios.

______________________________________________________________________________________________________

Zagueiro - Marcão (Batatais)
Na luta para escapar do rebaixamento, o Fantasma da Mogiana conquistou uma vitória providencial no último final de semana, batendo o Juventus em casa, por 1 a 0. Nesta partida, a defesa do time de Alexandre Ferreira foi incrivelmente determinada, brigando por todas as bolas intensamente. Marcão foi um dos destaques, não tendo dado espaço ao ataque juventino.

______________________________________________________________________________________________________________

Lateral-esquerdo - Wellington Saci (Água Santa)
Contratado para ser um acréscimo de experiência e qualidade no Netuno, Saci tem sofrido com o restante da equipe, agora comandada por Toninho Cecílio, devido ao desempenho abaixo do esperado. Após uma atuação ruim - como meia - no clássico diante do São Bernardo, o experiente jogador se recuperou diante do Rio Claro, sendo seguro na defesa e uma boa opção no ataque.

______________________________________________________________________________________________________

Wellington Saci foi bem no empate do Água Santa
Wellington Saci foi bem no empate do Água Santa

Volante - Baraka (Guarani)
Com 31 anos, Andres Fernandes Gonçalves, ou simplesmente Baraka, tem sido a consistência defensiva que faltava ao time do Guarani. Bom na marcação, o volante tem dado boa sustentação a dupla de zaga bugrina. Além disso, o jogador tem distribuído rapidamente as bolas, dando boa dinâmica ao time.

______________________________________________________________________________________________________

Volante - Franco (Rio Claro)
Camisa 15 do Galo Azul, o volante demonstra em alguns momentos que poderia usar a 10. Técnico, ele inicia toda organização de jogo da equipe comandada por Fahel Júnior. Diante do Água Santa, Franco correu muito - a exemplo dos outros companheiros - para assegurar o empate fora de casa. Com um a menos, ele segurou bem a bola em momentos oportunos, exibindo a liderança de sempre.

_______________________________________________________________________________________________________

Meia - Branquinho (Penapolense)
Aos 35 anos, o experiente meia, vice-campeão paulista com o Santo André em 2010, tem sido o toco de categoria no time comandado por Thiago Oliveira. Contra o Oeste, o meia foi novamente incisivo, mostrando também seu lado artilheiro. Aos 27 da primeira etapa, ele cobrou falta com maestria, mandando no ângulo para fazer 1 a 0 para o CAP.

_____________________________________________________________________________________________________

Atacante - Éder Paulista (Inter de Limeira)
Comandados pelo sempre competente João Vallim, o Leão voltou a vencer, se recuperando da derrota no clássico diante do XV de Piracicaba. Decisivo, Éder Paulista foi o herói da partida. Contra o Nacional, o camisa 9 marcou duas vezes. Aos 6, ele mostrou agilidade para empurrar de carrinho para o fundo das redes. E, aos 44, agora da etapa complementar, ele se posicionou bem para completar de cabeça, belo cruzamento da direita.

_______________________________________________________________________________________________________________

Atacante - Alvinho (São Bernardo)
Rápido e inteligente, Alvinho é um dos destaques na boa campanha do São Bernardo. o camisa 18 do Bernô mostrou mais uma vez sua capacidade de finalização, ao marcar os dois gols da vitória diante do Audax. Aos 4 do segundo tempo, ele mostrou bom tempo de bola para marcar de cabeça, após bom cruzamento de Judson. Aos 20, ele se infiltrou para concluir belo passe de Matheus Jussa.

______________________________________________________________________________________________________

Alvinho marcou duas vezes pelo invicto Bernô (Foto: Anderson Lira / São Bernardo)
Alvinho marcou duas vezes pelo invicto Bernô (Foto: Anderson Lira / São Bernardo)

Atacante - Bruno Mendes (Guarani)
Herdeiro da emblemática camisa 9 bugrina, que já teve donos como Luizão e Careca, Bruno Mendes tem sido um dos destaques na ascensão do time na tabela. Diante do Sertãozinho, ele foi mais uma vez decisivo e efetivo, ao marcar três, dos quatro gols da equipe. Aos 18, o atacante foi competente e converteu pênalti sofrido por ele mesmo. Aos 24, mostrou boa impulsão e posicionamento para completar de cabeça, escanteio cobrado com primor por Rondinelly. Aos 31, agora da etapa complementar, Bruno Mendes mostrou toda sua categoria, ao mandar no ângulo, após Denner ajeitar de calcanhar.

______________________________________________________________________________________________________

Técnico - Umberto Louzer (Guarani)
Há três rodadas invicto, o treinador conquistou diante do Sertãozinho sua primeira vitória a frente da equipe profissional do Bugre. Com a missão de conquistar o acesso pelo clube, após a saída de Fernando Diniz, Louzer vive seu melhor momento. Agora no G4, o treinador começa a colher os frutos do seu trabalho, entre eles, o reconhecimento da exigente torcida do Guarani. Em campo, vemos um time aguerrido e determinado, mostrando cada vez mais que tem condições de corresponder as expectativas.