Federação mantém portas fechadas para volta de atacante do Real à Seleção Francesa

Karim Benzema ajudou o clube de Madrid a ser tricampeão europeu consecutivo - além disso, são quatro conquistas em cinco anos

Publicado em .

Campinas, SP, 10 - Depois de ficar fora da Copa do Mundo de 2018, na qual a França se sagrou bicampeã ao triunfar na Rússia, Karim Benzema estava esperançoso com a possibilidade de poder voltar a atuar pela seleção do seu país a partir de agora. Porém, o presidente da Federação Francesa de Futebol (FFF), Noel Le Graet, deixou claro que as portas do time nacional continuam fechadas para o atacante do Real Madrid.

Em entrevista ao jornal local Ouest France, publicada nesta quarta-feira, o dirigente minimizou a chance de o atleta voltar a defender a seleção, pela qual ele atuou pela última vez em outubro de 2015.

"Acredito que a seleção terminou para ele. Eu não tenho nada contra Karim, até porque ele sempre se comportou muito bem quanto esteve conosco, mas acredito que o seu ciclo chegou ao fim, acabou, especialmente porque ele tem estado fora de forma faz bastante tempo", afirmou Le Graet, lembrando também que o atacante está longe de sua melhor fase há um longo período.

Benzema, entretanto, ajudou o Real Madrid a ser tricampeão europeu nas últimas temporadas e foi incluído na lista de 30 finalistas ao prêmio Bola de Ouro de 2018, entregue pela revista France Football, que elege o melhor jogador do mundo anualmente desde 1956. O vencedor da próxima edição da tradicional premiação será conhecido no dia 3 de dezembro.

Ao mesmo tempo, porém, o relacionamento do jogador com o técnico da seleção francesa, Didier Deschamps, segue frio e o treinador optou por não convocá-lo mais para o time nacional após o atleta se envolver em uma grande polêmica fora dos gramados.

Em novembro de 2015, Benzema foi transformado em réu pelo Tribunal de Justiça de Versailles por supostamente ter chantageado seu ex-companheiro de seleção Mathieu Valbuena após o surgimento de um vídeo com conteúdo sexual. O jogador até confessou ter se envolvido no problema, mas de forma "inconsciente" e para ajudar Valbuena.

O atacante recorreu ao Tribunal de Apelação de Paris para tentar anular o processo movido contra ele, e o órgão da Justiça local vai anunciar a decisão sobre o recurso impetrado pela defesa do atleta no próximo dia 8 de novembro.

Os investigadores do caso concluíram que Benzema convenceu Valbuena, ex-jogador do Olympique de Marselha, a pagar uma quantia em dinheiro exigida por chantagistas que tentaram extorqui-lo em troca da não divulgação de um vídeo de conteúdo sexual no qual o meio-campista aparecia junto com a sua esposa.

Federação mantém portas fechadas para volta de atacante Karim Benzema à Seleção Francesa
Federação mantém portas fechadas para volta de atacante Karim Benzema à Seleção Francesa
Após o escândalo, Deschamps também optou por deixar Benzema fora da Eurocopa de 2016, realizada na França, e o atacante naquela ocasião criticou o treinador ao acusá-lo de ceder às pressões racistas existentes contra ele na França por causa de sua origem argelina. E o caso de chantagem sexual também foi lembrado por Le Graet na entrevista publicada nesta quarta-feira pelo jornal Ouest France.

"Há três ou quatro anos que este caso está se arrastando. Uma decisão (da Justiça) deveria ter sido emitida muito antes. Isso tornou as coisas difíceis para nós", ressaltou o presidente da FFF ao falar da situação delicada de Benzema, de 30 anos de idade, que marcou 27 gols em 81 jogos pela seleção francesa.