.

Sem acordo, Ponte Preta encerra parceria com a Adidas após três anos

A empresa segue no Moisés Lucarelli até julho, em meio à disputa da Copa do Mundo

Publicado em .

Campinas, SP, 16 (AFI) – A Ponte Preta oficializou na manhã desta quarta-feira o fim da parceria com a Adidas, fornecedora de materiais esportivos no clube há mais de três anos. As negociações vinham desde o início da temporada, mas as duas partes não conseguiram chegar a um acordo e optaram por uma rescisão de forma amigável. A empresa segue no Moisés Lucarelli até julho, em meio à disputa da Copa do Mundo.

“A saída ocorre em comum acordo e de maneira amigável e agradecemos a Adidas por este período que foi muito bom para os dois lados. Já estamos já está com negociações avançadas e devemos anunciar muito em breve um novo fornecedor de material esportivo. Independentemente disso, porém, utilizaremos o material da Adidas até julho de 2018”, diz Eric Silveira, diretor de Marketing da Ponte Preta.

Sem acordo, Ponte Preta encerra parceria com a Adidas após três anos
Sem acordo, Ponte Preta encerra parceria com a Adidas após três anos

Ele também já adiantou que na quinta-feira terá uma coletiva de imprensa para apresentar a nova fornecedora de materiais esportivos. De acordo com as informações de bastidores, Topper, Penalty e Umbro sondaram o clube, mas apenas a primeira fez uma proposta oficial e que já foi aceita pela diretoria – provável que seja mais rentável do que a da Adidas.

Por isso, a partir de julho, é provável que a Topper passe a fornecer as camisas da Ponte Preta. A empresa argentina já vestiu o clube na década de 80 e volta para trazer esse design mais clássico. Por coincidência, o Guarani, maior rival na cidade de Campinas, tem contrato com a mesma fornecedora de material esportivo desde 2017.