Zagueiro do Paraná prefere vencer Atlético-PR ao Grêmio e pede para time chegar forte

O defensor Renê Santos cobrou que o time chegue duro nos rivais e disse que prefere vencer o clássico do que o Grêmio

Publicado em .

Curitiba, PR, 13 (AFI) – O zagueiro Renê Santos, do Paraná, não vem fugindo das perguntas. Após afirmar que não acredita mais que o time conseguirá fugir do rebaixamento, o jogador do Tricolor não titubeou e disse, nesta quinta-feira, que prefere ganhar o clássico contra o Atlético-PR do que vencer o Grêmio.

“A gente tem o Grêmio, mas tem um clássico, então acho que o clássico, para a torcida, é mais importante. Mas os quatro pontos não são tão bons, e o importante seriam os seis pontos. Mas a gente sabe que é difícil. A meta é trazer quatro pontos fora de casa”, afirmou o defensor.

O jogador também lembrou da situação ruim do time na tabela, mas mostrou otimismo ao afirmar que o trabalho duro pode tirar o time desta situação.

“Essa situação que a gente vem é bastante ruim. Temos dois jogos fora, com o Grêmio e depois o Atlético-PR, então a gente tem que ter cabeça e trabalhar duro para que gente possa conseguir pelo menos quatro pontos nesses dois jogos. Só trabalhando para tirar o Paraná dessa situação”, disse.

Renê Santos também cobrou mais vontade do time e afirmou que é para chegar “duro” nos adversários.

“A gente tem que ter mais vontade de buscar, temos que bater mais nos caras, chegar mais forte e, consequentemente, a bola vai entrar. Enquanto não tiver isso, temos que trabalhar. Temos que mostrar mais vontade que todos elesm, porque somos o último colocado”, afirmou.