Série C: Técnico não aguenta pressão após goleada e deixa Macaé

O Alvianil tem apenas dez pontos ganhos em dez jogos disputados e corre o risco de entrar na zona de rebaixamento

Publicado em .

Macaé, RJ, 16 (AFI) - Mais um time está sem treinador no futebol brasileiro. É o Macaé-RJ que dispensou neste domingo o técnico Antônio Carlos Roy. Com uma fraca campanha na Série C, o Macaé tem apenas dez pontos ganhos em dez jogos disputados e corre o risco de entrar na zona de rebaixamento caso o Bragantino não perca para o Botafogo, nesta segunda-feira, em partida que completa a décima rodada da competição.

Roy não aguentou a pressão após a goleada sofrida para o Volta Redonda-RJ, no sábado, por 3 a 0, em pleno estádio do Macaé. Além disto, a campanha do Roy, que começou a Série C já no comando do Macaé, foi decepcionante, embora seja público e notório que o clube atravessa uma crise financeira e administrativa, com atraso de salário que gerou a dificuldade na formação do elenco.

Antônio Carlos Roy não é mais técnico do Macaé. (Foto: Reprodução / Folha1)
Antônio Carlos Roy não é mais técnico do Macaé. (Foto: Reprodução / Folha1)

AS OPÇÕES

Como sempre acontece quando o Macaé fica sem treinador, o primeiro nome da lista é Josué Teixeira, que recentemente deixou o Clube do Remo-PA, onde não foi bem.

Outro nome falado no Macaé é o de Edson Souza, que vinha fazendo um bom trabalho na Portuguesa Carioca na Série D Brasileira e que acabou sendo eliminado neste domingo pelo URT-MG.

O Macaé joga no próximo sábado em Bragança Paulista, contra o Bragantino em partida direta contra o rebaixamento e a diretoria do clube do litoral norte carioca promete que um novo treinador será anunciado já nesta segunda-feira.