Barcelona-EQU 1 x 1 Botafogo - Fogão busca empate no final e segue líder invicto

O time basileiro perdeu muitos gols, foi castigado, mas conseguiu empatar com gol de pênalti de Sassá

Publicado em .

Campinas, SP, 20 (AFI) – O Botafogo sofreu, mas conseguiu manter a invencibilidade no Grupo 1 da Libertadores. Nessa quinta-feira, o time brasileiro saiu perdendo para o Barcelona do Equador, no Estádio Monumental, em Guayaquil, mas buscou o empate por 1 a 1 nos minutos finais e segue na liderança.

Com o resultado, os dois times dividem a primeira colocação com sete pontos cada, empatados também no saldo de gols e no número de gols marcados. O Estudiantes é o terceiro colocado com quatro pontos a menos e o Atlético Nacional ainda não pontuou.

QUEM NÃO FAZ TOMA
O Botafogo começou com tudo e teve uma grande chance de abrir o placar logo no primeiro minuto, quando Roger foi puxado por Mena dentro da área. O árbitro marcou pênalti, mas a cobrança de Camilo parou na defesa de Banguera, que pegou também o rebote de Rodrigo Pimpão.

O Barcelona tinha mais posse de bola e tentava explorar as bolas paradas, mas era o Botafogo que criava as jogadas de maior perigo. Aos 18, Emerson Silva apareceu livre para cabecear em escanteio, obrigando Banguera a praticar mais uma bela defesa. No rebote, Pimpão acertou a trave.

O gol do Botafogo parecia questão de tempo, mas foi o Barcelona quem abriu o placar. Aos 31 minutos, Alemán tabelou com Álvez e ainda driblou Gatito Fernández antes de tocar para o gol vazio.

EMPATE NO FINAL
Na segunda etapa, o Botafogo postura mais ofensiva, especialmente após as entradas de Sassá e Guilherme, mas a situação era mesma, com o time brasileiro chegando ao ataque e desperdiçando chances claras de empate.

Aos 34 minutos, Mena, que já tinha cartão amarelo, fez falta dura em Guilherme e foi expulso, deixando o time da casa com um homem a menos.

Em vantagem numérica, o time brasileiro passou a pressionar ainda mais e conseguiu chegar ao gol de empate. Arreage tentou cruzar um cruzamento e acabou colocando a mão na bola dentro da área. Na cobrança do pênalti, Sassá não perdoou e deixou tudo igual, aos 43 minutos da etapa final.

PRÓXIMOS JOGOS
A quarta rodada da Libertadores inaugura o returno e os dois times volta a se enfrentar, no dia 2 de maio, mas dessa vez no Nílton Santos, no Rio de Janeiro. No mesmo dia, Atlético Nacional e Estudiantes jogam na outra partida do grupo, no Atanasio Girardot, em Medellín.

Ficha Técnica

  • Fase
    Fase de Grupos
  • Rodada
    3ª rodada
  • Data
    20/04/2017
  • Horário
    21h45
  • Local
    Monumental de Barcelona - Guaiaquil (COL) -
  • Árbitro
    Jesús Valenzuela Sáez
  • Assistentes
Cartões Amarelos
Barcelona-EQU: Mena, Pineida
Botafogo-BRA: Emerson Silva, João Paulo, Bruno Silva

Cartões Vermelhos
Barcelona-EQU: Mena
Gols
Barcelona-EQU: Aleman 31' 1T
Botafogo-BRA: Sassá 43' 2T
Barcelona-EQU
Banguera;
Pedro Velasco, Mena, Aimar e Pineida;
Gabriel Marques, Calderón e Alemán (Ariel);
Esterilla, Jonatan Álvez (Arreaga) e Marcos Caicedo (Ayoví).
Técnico: Guilermo Almada
Botafogo-BRA
Gatito Fernández;
Emerson Santos (Fernandes), Joel Carli, Emerson Silva e Victor Luis;
Rodrigo Lindoso (Guilherme), Bruno Silva, João Paulo e Camilo;
Rodrigo Pimpão e Roger (Sassá).
Técnico: Jair Ventura