Série B: Juventude fecha treino antes de decisão, mas torcida "entrega os pontos"

O Ju recebe a Ponte Preta nesta sexta-feira no Alfredo Jaconi e se perder vai ser rebaixado

Publicado em .

Caxias do Sul, RS, 08 (AFI) - O discurso de jogadores, comissão técnica e dirigentes de não jogar a toalha enquanto houver chances de escapar do rebaixamento parece não ter animado a torcida do Juventude. A expectativa é de um público baixo no Alfredo Jaconi nesta sexta-feira, contra a Ponte Preta, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Na 18ª colocação, o Juventude tem 35 pontos e se perder será matematicamente rebaixado para a Série C. Em caso de outro resultado, a definição fica para sábado, quando seus concorrentes entram em campo. Faltando apenas três rodadas para o fim do campeonato, a diferença do Ju para o CRB, primeiro fora do Z4, é de seis.

As torcidas rivais - principalmente de Caxias e Brasil de Pelotas - também acreditam no rebaixamento, tanto que, nas redes sociais, foi criado um evento com o nome: Enterro do Juventude. O horário é 20h30 e o local é o Alfredo Jaconi.

O técnico Luiz Carlos Winck fechou o treinamento para a imprensa
O técnico Luiz Carlos Winck fechou o treinamento para a imprensa
O último treinamento antes do jogo foi realizado nesta quinta-feira com os portões fechados para a imprensa. O técnico Luiz Carlos Winck não vai ter à disposição o lateral-direito Felipe Mattioni e o volante Rodrigo, suspensos. Vidal e Lucas, que volta de suspensão, devem ficar com as vagas. Mais mudanças ainda serão realizadas, mas a definição só momento antes da partida.

"A gente quando é contratado por um clube, sabe que pode ter vitórias e derrotas. Eu não sou covarde, sou trabalhador. Nem sempre tem explicação correta para esse momento", comentou o treinador.

O provável Juventude é: Douglas Silva; Vidal, Wagner, Bonfim e Neuton (Pará); Lucas, Bertotto, Denner, Leandro Lima e Hugo Sanches; Douglas Kremmer.