Anderson, Domingos, Kuki, Mano Menezes e companhia, confira por onde andam os protagonistas da Batalha dos Aflitos

O jogo entre Náutico e Grêmio que deu o título brasileiro da Série B de 2005 e o acesso para os gaúchos foi palco de selecionáveis, aposentados e alguns nomes pouco lembrados

Publicado em .

Recife, PE, 26 (AFI) - Há 10 anos, Grêmio e Náutico entrariam para a história com um dos jogos mais espetaculares do país, a 'Batalha dos Aflitos'. Na decisão do acesso para a Série B do Brasileirão de 2005, o Tricolor jogou com quatro expulsos, ameaçou deixar a partida, viu o Náutico perder dois pênaltis em pleno Estádio dos Aflitos e contou com um gol do garoto Anderson de 17 anos para conseguir voltar à Série A do Brasileirão em 2006 e sair da beira da falência. Confira o quê aconteceu com os nomes daquela partida

Confusões durante a Batalha resultou em quatro expulsões de gremistas
Confusões durante a Batalha resultou em quatro expulsões de gremistas

NÁUTICO

Rodolpho -Após a sua saída do Náutico em 2007, o goleiro rodou por alguns times do Brasil e retornou ao Timbu neste ano.

Bruno Carvalho - Zagueiro que perdeu o primeiro pênalti do Náutico na partida, Bruno jogou por mais quatro temporadas antes de se aposentar em 2008, pelo Gama-DF e pelo América-RJ.

Miltinho - Substituto de Bruno Carvalho, Miltinho se aposentou em 2013, no Nacional-PB.

Tuca- O zagueiro foi para o oriente um ano depois da Batalha dos Aflitos, onde se aposentou no ano passado.

Batata - Jogou um ano na Polônia e voltou para o Brasil, onde se aposentou em 2008 no Salgueiro-PE.

Ademar- O jogador ficou mais um ano no Náutico e rodou por clubes do Brasil e da Bulgária até se aposentar em 2013.

Tozo - O meia ficou mais um ano no Náutico em 2006, passou seis temporadas na Turquia, voltou ao Náutico em 2012 e se aposentou no Santa Cruz em 2013.

Betinho - Na base do Náutico naquela época, o jogador entrou no lugar de Tozo na decisão. Hoje, com 28 anos, o atacante joga no Paysandu.

Cleisson - Depois do Náutico, teve passagem rápida pela Polônia e se aposentou em 2009 no Fortaleza.

David - O meia rodou por alguns clubes do Brasil e teve mais uma passagem pelo Náutico. David tem 33 anos e joga há quatro temporadas no Goiás.

Romualdo - O atacante jogou pelo Gama-DF e pelo Americano, se aposentando em 2008.

Danilo - Atualmente sem clube, Danilo rodou por vários clubes do Brasil, seu último foi o São Paulo-RS em 2014.

Paulo Matos - O atacante tem 31 anos hoje e joga há duas temporadas pelo Estrela do Norte.

Kuki -Principal nome daquela equipe, o atacante marcou época no Timbu. Kuki jogou mais cinco anos no Náutico, até 2010, ano em que se aposentou.

Roberto Cavalo - Com 52 anos, Roberto Cavalo continua seus trabalhos na Série B. Este ano treinou o Oeste e atualmente está no Criciúma.

Galatto salvou o pênalti e entrou para a história do Tricolor Gaúcho
Galatto salvou o pênalti e entrou para a história do Tricolor Gaúcho

GRÊMIO

Galatto - Um dos heróis do acesso do Grêmio, o goleiro rodou pela Bulgária e pela Suíça, também defendeu o Málaga da Espanha. Galatto voltou para o Brasil em 2012 e jogou por último no Juventude. Hoje o herói Galatto está sem clube.

Patrício - O zagueiro continuou no Grêmio por mais duas temporadas e se aposentou em 2011 no Caxias.

Domingos - O zagueiro estava no Grêmio por empréstimo, depois daquele ano voltou para o Santos. Domingos teve passagens por Portuguesa e Guarani. Hoje tem 29 anos e joga nos Al Kharaitiyat do Catar.

Pereira - Hoje veterano com 36 anos, Pereira atua pelo Juventude. Após a Batalha dos Aflitos o zagueiro ficou mais três anos no Grêmio

Escalona - O primeiro a ser expulso naquela ocasião, o chileno Escalona teve passou pelo Náutico dois anos depois de conseguir o acesso com o Grêmio. O jogador voltou para o Chile e se aposentou em 2012.

Nunes - O volante ainda está em atividade, atuou nesta temporada pelo Brasil de Pelotas. Depois do Grêmio, também teve passagem pelo Náutico.

Sandro Goiano - O meia ainda passou por Sport e Paysandu e se aposentou em 2011.

Marcelo Costa - O meia ofensivo é um dos jogadores da Batalha dos Aflitos que mais está em evidência atualmente. O jogador de 35 anos está há três anos no Joinville e disputou 23 partidas pelo clube este ano. Na Série B em 2014 era o camisa 10 dos catarinenses.

Marcel - Mais um que passou pelos dois time da Batalha dos Aflitos, Marcel joga hoje no Resende.

Anderson joga hoje pelo arquirrival Internacional
Anderson joga hoje pelo arquirrival Internacional

Anderson - Reserva naquela ocasião e o herói que marcou o gol da vitória tricolor foi para a Europa bem cedo e chegou a conquistar títulos como a Liga dos Campeões e o Campeonato Inglês pelo Manchester United. Na sua volta ao Brasil, Anderson acertou com o rival Internacional, time no qual chegou esta temporada.

Ricardinho - Emprestado ao Grêmio naquela ocasião, Ricardinho rodou por vários clubes do Brasil e hoje está no Miramar-PR.

Lucas - Reserva naquele jogo, o jovem Lucas Leiva ficou mais dois anos no Grêmio até ir para o Liverpool, onde joga até hoje. O volante está com 28 anos.

Lipatin - O uruguaio Lipatin foi para Portugal, mas voltou e se aposentou no Brasil em 2010, no JMalucelli.

Marcelo Oliveira - Colocado para segurar a pressão do Náutico, o zagueiro partiu para a Grécia, também jogou no Chipre e agora está no Moreirense da Liga Portuguesa. O defensor tem 34 anos.

Mano Menezes - O treinador passou por Corinthians, seleção brasileira, Flamengo e atualmente vem fazendo boa campanha no Brasileirão com o Cruzeiro. Mano soma uma Copa do Brasil, dois Campeonatos Brasileiros da Série B e alguns estaduais.