Princesa-AM 1 x 0 Atlético-AC - Tubarão vence e embola o grupo para última rodada

A vitória do Princesa impediu uma classificação antecipada do Atlético e deixa a definição da chave para a sexta rodada

Publicado em .

Manaus, AM, 18 (AFI) – A vitória por 1 a 0 do Princesa do Solimões sobre o Atlético Acreano na tarde deste domingo manteve a briga pela classificação no Grupo A1 da Série D do Campeonato Brasileiro em aberto. O confronto foi válido pela quinta rodada e ocorreu no Estádio Gilbertão.

Atlético-AC deixa briga para a última rodada
Atlético-AC deixa briga para a última rodada
Com o resultado, o Princesa chega a nove pontos, na segunda colocação do Grupo A1. O Atlético-AC, que não vence há dois jogos, segue líder, com 10 pontos. O grupo ainda terá o confronto entre Trem e Real Desportivo na próxima segunda-feira. O Trem é o terceiro colocado, com seis pontos. O Real Desportivo é o lanterna do grupo, com um ponto, e já está eliminado.

O único gol da vitória do Princesa veio aos 46 minutos do primeiro tempo. Clemilton mandou um balaço em cobrança de falta, a bola bateu na barreira e entrou. O jogo na segunda etapa foi bom, com o Princesa mantendo a postura ofensiva e com o Atlético indo em busca do empate. Mas ficou nisso.

Ficha Técnica

  • Fase
    1ª Fase
  • Rodada
    5ª rodada
  • Data
    18/06/2017
  • Horário
    17h00
  • Local
    Gilberto Mestrinho - Manacapuru-AM - AM
  • Árbitro
    Djonaltan Costa de Araujo - PA
  • Assistentes
    Uesclei Regison Pereira dos Santos - AM e Anne Kesy Gomes de Sa - AM
  • Renda
    R$ 2.420,00
  • Público
    400 presentes
Cartões Amarelos
Princesa do Solimões-AM: Eric, Toró, Branco, Marinelson
Atlético Acreano-AC: Miller, Diego

Gols
Princesa do Solimões-AM: Clemilton 46' 2T
Princesa do Solimões-AM
Clemilton;
Bae, Eric, Rafael e Getúlio;
Toro, Randerson, Branco e Wander;
Rasci (Cristiano) e Weverton (Marinelson).
Técnico: Alberone 
Atlético Acreano-AC
Luiz Silva;
Januário, Romildo, Diego e Leandro (Tragodara);
Jeferson (Weverto), Eduardo (Neto), Joel e Raianderson;
Rafael Barros e Polaco.
Técnico: Álvaro Miguéis