Joinville 2 x 1 Ypiranga - Artilheiro coloca JEC na cola do G4

Rafael Grampola perdeu um pênalti, mas marcou os dois gols da vitória tricolor

Publicado em .

Joinville, SC, 16 (AFI) - Rafael Grampola teve uma atuação praticamente perfeita e colocou o Joinville na cola do G4 do Grupo B do Campeonato Brasileiro da Série C na tarde deste domingo. Apesar de ter perdido um pênalti, o atacante marcou os dois gols da vitória tricolor sobre o Ypiranga, por 2 a 1, na Arena Joinville, pela décima rodada.

Invicto há três jogos, o Joinville se distanciou da zona de rebaixamento e subiu para a quarta colocação com os mesmos 14 pontos do Botafogo-SP, que tem melhor saldo de gols (6 contra 1) e ainda entra em campo nesta segunda-feira. Já o Ypiranga estacionou nos 13 e caiu para o sexto lugar, desperdiçando a chance de entrar no G4.

A MARCA DO ARTILHEIRO
Mesmo jogando fora de casa, o Ypiranga foi quem criou a primeira oportunidade do jogo. André Luiz recebeu dentro da área e bateu para linda defesa de Matheus. Aos 13 minutos, a bola acertou a mão de Everton e o árbitro assinalou pênalti. O artilheiro Rafael Grampola bateu mal e Carlão fez a defesa sem dar rebote.

O atacante Rafael Grampola perdeu um pênalti, mas marcou os dois gols do Joinville
O atacante Rafael Grampola perdeu um pênalti, mas marcou os dois gols do Joinville
A partida era bastante equilibrada e concentrada no meio-campo, até que Rafael Grampola se redimiu aos 30 minutos. O atacante recebeu passe de Ricardo Lobo e aproveitou a falha da zaga para finalizar cruzado, abrindo o placar na Arena Joinville. Três minutos depois, Grampola ampliou ao tocar por cima de Carlão.

O Ypiranga por muito pouco não diminuiu aos 35 minutos. William aproveitou cobrança de escanteio e cabeceou na trave de Matheus, que já estava batido no lance. No último lance de perigo do primeiro tempo, Tinga recebeu de Rafael Grampola e bateu para defesa de Carlão.

QUE SUFOCO
Em busca do primeiro gol logo no começo do segundo tempo para sonhar com o empate, o Ypiranga voltou pressionando o Joinville e criou uma boa oportunidade aos 19 minutos. Carrilho bateu forte e Matheus defendeu. Na sequência, o JEC respondeu através de Fernandinho, mas a finalização foi fraca nas mãos do goleiro.

Aos 23, Rafael Grampola recebeu de Fernandinho, girou em cima do zagueiro e bateu forte, mas a bola explodiu no travessão. O Canarinho teve a melhor chance de diminuir na sequência. André Luis foi derrubado por Buiu dentro da área e o árbitro assinalou pênalti, desperdiçado por Vandinho. Matheus acertou o canto fez a defesa.

No entanto, aos 33, William aproveitou rebote do goleiro tricolor e diminuiu para o Ypiranga. No lance seguinte, Matheus defendeu chute cruzado de Talles e evitou o empate. Depois disso, o Canarinho bem que insistiu, mas não conseguiu mais passar pela defesa tricolor.

PRÓXIMOS JOGOS
O Joinville volta a campo no próximo sábado, contra o Volta Redonda, às 18 horas, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, enquanto o Ypiranga recebe o Tupi no domingo, às 15 horas, no Colosso da Lagoa, em Erechim. Os jogos são válidos pela 11ª rodada.

Ficha Técnica

  • Fase
    1ª Fase
  • Rodada
    10ª rodada
  • Data
    16/07/2017
  • Horário
    15h00
  • Local
    Arena Joinville - Joinville - SC
  • Árbitro
    Jefferson Ferreira de Moraes - GO
  • Assistentes
    Marcio Soares Maciel - GO e Paulo Cesar Ferreira de Almeida - GO
  • Renda
    R$ 79.215,00
  • Público
    4.072 pagantes
Cartões Amarelos
Joinville-SC: Fernandinho, Buiu
Ypiranga-RS: Tiago

Gols
Joinville-SC: Rafael Grampola 30' 1T, Rafael Grampola 33' 1T
Ypiranga-RS: William 33' 2T
Joinville-SC
Matheus;
Buiu (Zé Matheus), Charles, Max e Alex Ruan;
Renan Teixeira, Tinga, Kadu (Eliomar) e Fernandinho (Roberto);
Ricardo Lobo e Rafael Grampola.
Técnico: Pingo
Ypiranga-RS
Carlão;
Márcio, Diego Niza, Everton e Héracles;
Tiago, Juninho (Vandinho), Carrilho (Anderson Safira) e William;
André Luis (Henrique) e Talles.
Técnico: Guilherme Macuglia