-->

Cruzeiro 1 x 1 Flamengo - Nenhum motivo para comemorar!

O meia Éverton abriu o placar para os cariocas, mas o atacante Sassá deixou tudo igual

Publicado em .

Belo Horizonte, MG, 16 (AFI) – Um empate que não ajudou. Cruzeiro e Flamengo têm muito pouco a comemorar, após o 1 a 1, na tarde deste domingo, diante de um público de mais de 43 mil torcedores no Mineirão, em Belo Horizonte (MG).

O meia Éverton abriu o placar para os cariocas, mas o atacante Sassá deixou tudo igual pela 14.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Na prática, o empate foi ruim, inclusive para os visitantes. Os mineiros viram cair a sequência de duas vitórias seguidas – 3 a 1 sobre o Palmeiras e 2 a 0 contra o Atlético-PR - e ainda ocupam a sétima posição, com 21 pontos.

O Flamengo, por sua vez, perdeu a oportunidade de diminuir, pelo menos um pouco, a diferença para o líder Corinthians e consolidar-se dentro do G4, que leva à fase de grupos na Libertadores de 2018. Agora, o Mengo tem 24 pontos, no quarto lugar, contra 36 do Timão.

BOM FUTEBOL, MAS...
Apesar do zero no placar, o primeiro tempo foi bastante movimentado. Tanto Cruzeiro como Flamengo não abriram mão de buscar o ataque, o que deixou o duelo muito agradável. O primeiro lance de perigo saiu logo aos sete minutos para a Raposa. O meia Thiago Neves matou no peito na área, mas chutou fraco nas mãos do goleiro Thiago.

O Fla buscou controlar mais a posse de bola,mas deparou-se com uma eficiente marcação cruzeirense. O técnico Mano Menezes armou duas linhas de quatro bastante adiantadas, dificultando a saída de bola adversária. O único lance flamenguista no início aconteceu em chute de fora do meia Éverton Ribeiro, que saiu pela linha de fundo.

Murilo marca Diego em cima no Mineirão: Empate ruim para Cruzeiro e Flamengo - Foto: Staff Imagens / Flamengo
Murilo marca Diego em cima no Mineirão: Empate ruim para Cruzeiro e Flamengo

Os mineiros voltaram a assustar aos 23 minutos, em jogada de bola parada. Thiago Neves cobrou escanteio na área e o zagueiro Léo cabeceou rente ao travessão. A resposta flamenguista quase acabou em gol aos 27. O meia Éverton recebeu de Guerrero na área e bateu cruzado, tirando tinta da trave direita do goleiro Fábio.

Nos 15 minutos finais, o ritmo do jogo caiu consideravelmente. Os dois times até lutaram, correram, mas acabaram pecando no último passe.

TUDO IGUAL!
A segunda etapa começou em um ritmo alucinante. Antes dos cinco minutos, o Cruzeiro chegou duas vezes à meta de Thiago. Aos dois, o atacante Rafael Sóbis cruzou para a área e o meia Élber quase fez. Por sorte, a zaga afastou. Aos quatro, o lateral Lucas Romero achou Élber que bateu para defesa do goleiro. No rebote, Alisson tentou completar, mas a zaga afastou.

Na primeira chegada da etapa, o Rubro-negro chegou ao gol. O lateral Rodinei recebeu de Guerrero e cruzou para a área. Éverton apareceu com liberdade na segunda trave e cabeceou, sem chances de defesa para o goleiro Fábio.

O empate celeste não demorou muito a acontecer. E graças ao iluminado atacante Sassá, que entrara na vaga de Éber. Aos 14 minutos, um após entrar em campo, o jogador recebeu passe do lateral Diogo Barbosa e tocou na saída do goleiro.

Depois dos gols, o ritmo do jogo caiu um pouco. Nem mesmo as alterações efetuadas pelos dois treinadores foram suficientes para a mudança no placar.

PRÓXIMOS JOGOS
Na próxima quinta-feira, às 19h30, o Cruzeiro volta a campo para enfrentar o Fluminense, no estádio Giulite Coutinho, em Mesquita. Enquanto isso, o Flamengo encara o Palmeiras, na quarta-feira, às 21h45, na Ilha do Urubu, no Rio de Janeiro.

Ficha Técnica

  • Fase
    Única
  • Rodada
    14ª rodada
  • Data
    16/07/2017
  • Horário
    16h00
  • Local
    Mineirão - Belo Horizonte - MG
  • Árbitro
    Rodolpho Toski Marques - PR
  • Assistentes
    Bruno Boschilia - PR e Victor Hugo Imazu dos Santos - PR
  • Renda
    R$ 1.349.516,00
  • Público
    39.976 pagantes (43.480 torcedores)
Cartões Amarelos
Cruzeiro-MG: Lucas Silva, Rafael Sóbis, Sassá, Lucas Romero
Flamengo-RJ: Geuvânio

Gols
Cruzeiro-MG: Sassá 14' 2T
Flamengo-RJ: Éverton 8' 2T
Cruzeiro-MG
Fábio;
Lucas Romero, Léo, Murilo e Diogo Barbosa;
Ariel cabral, Lucas Silva (Nonoca), Thiago Neves, Élber (Sassá) e Alisson;
Rafael Sóbis (Rafael Marques).
Técnico: Mano Menezes
Flamengo-RJ
Thiago;
Rodinei, Réver, Rafael Vaz e Renê;
Márcio Araújo, Cuéllar (Macuello), Éverton Ribeiro (Geuvânio), Diego (Berrío) e Éverton;
Guerrero.
Técnico: Zé Ricardo