Zagueiro da Chapecoense indica “ajuda” da arbitragem ao Corinthians

Ele ainda fez críticas a imprensa de São paulo, chamando-a de "corintiana"

Publicado em .

Chapecó, SC, 05 (AFI) – Os jogadores da Chapecoense seguem sem aceitar a derrota por 1 a 0 sofrida frente ao Corinthians neste domingo. Na entrevista coletiva após o jogo, o zagueiro Rafael Lima afirmou que o principal responsável pela derrota foi o árbitro Wágner Reway, que segundo o atleta, teria errado e ajudado Corinthians durante o jogo.

O duelo Guerrero x André Paulino foi constante durante o jogoDaniel Augusto Jr/ Agência Corinthians

“O gol do Corinthians foi ilegal, o Guerreiro empurrou o Ednei e só por isso dominou e fez o gol”, disse o zagueiro.

As críticas do atleta não ficaram apenas na arbitragem. Segundo o jogador, a culpa pela “ajuda” ao Corinthians também é da imprensa, que segundo Rafael Lima, é corintiana.

“A imprensa de São Paulo não vai dar ênfase. Imprensa é corintiana. Ele empurrou o Ednei. O árbitro determinou a vitória”, alegou.

O jogo entre Chapecoense x Corinthians, neste domingo, ficou marcado por diversos lances polêmicos. Logo no início da partida, o zagueiro André Paulino e o atacante Guerrero se estranharam e trocaram cotoveladas em lances diferentes. Quase ao final do jogo, já com o cartão amarelo, Paulino cometeu uma falta dura no atacante corintiano, mas o árbitro não assinalou a falta. Além da reclamação de empurrão sobre Ednei, alguns jogadores da Chape também reclamam que Guerrero teria dominado a bola com a mão no lance do gol.